ES tem casa para abrigar mulheres vítimas de violência - ES360

ES tem casa para abrigar mulheres vítimas de violência

Atualmente, a unidade abriga apenas duas mulheres com risco de morte

Após 13 anos da criação da Lei Maria da Penha, o Espírito Santo conta com apenas uma casa-abrigo de gestão estadual para mulheres em situação de violência doméstica com risco de morte. Segundo levantamento divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), dos 3.808 municípios com até 20 mil habitantes avaliados em 2018, somente 2,4% – totalizando nove – possuíam casas-abrigo. Já dos 25 municípios com mais de 500 mil habitantes, 14 deles contam com essa estrutura, o que corresponde a 58,7%.

Em entrevista à BandNews FM, a gerente de Proteção à Mulher da Secretaria Estadual de Segurança Pública, delegada Michelle Meira, fala a respeito do trabalho realizado pela secretaria e também como as mulheres podem denunciar qualquer tipo de assédio e violência. Confira.

Mais notícias
Dia a dia

Covid-19: casos de coronavírus em 24h é o maior desde julho no ES

Dia a dia

Espírito Santo tem a maior expectativa de vida do país após 60 anos

País

Pazuello reconhece “repique” da covid-19 e minimiza falta de plano de vacinação

País

Ministro da saúde se queixa de pancadaria e diz que, se cair, ‘sairá feliz’