Vivências no sul capixaba viram rima na voz do rapper Derkkenner - ES360

Vivências no sul capixaba viram rima na voz do rapper Derkkenner

EP de estreia do rapper foi lançado no YouTube, junto com o clipe do primeiro single, “Abertura”, que foi totalmente gravado no Sul do ES

Derkkenner é de Alegre, no Sul do estado. Foto: Divulgação

Quando criança, Gabriel de Souza Mello Barbosa era considerado um menino arteiro. “Escutava várias vezes meus pais me chamarem assim por fazer bagunça”, lembra, aos risos. O capixaba natural de Alegre cresceu e buscou ressignificar o rótulo dado a ele na infância. Sob o nome artístico de Derkkenner, o jovem rapper lançou no dia 17 de setembro – quando completou 20 anos –, seu EP de estreia, “Arteiro”.

“Agora, com um pouco mais de idade, continuo ‘arteiro’, só que na busca de fazer arte”, justifica. O projeto foi lançado primeiro no YouTube, junto com o clipe do primeiro single, “Abertura”, que foi totalmente gravado em sua cidade natal. No dia 25 de setembro, o álbum estará disponível também nas plataformas Spotify e SoundCloud.

O EP é composto por cinco canções autorais, escritas num período de um ano, e as letras trazem suas experiências na cidade localizada no Sul do estado. O som explorado é o rap, possibilitando o uso de várias batidas originadas do estilo musical, com destaque para o boom bap, plug, UK drill e drill.

“O contexto geral do álbum é trazer uma proposta diferente de termos, versos, beats, com uma pegada regional. Esse trabalho teve como uma das intenções representar a nossa região. Nos versos tem o nosso dialeto e a vivência citada é a daqui”, conta o artista.

As memórias afetivas que o jovem tem em relação à sua cidade natal estão fortemente presentes no projeto. O EP foi produzido por Danyel Sueth, conhecido por sua atuação na banda Estado de Sítio e atual secretário de Turismo, Cultura e Esporte do município. Ele também participa da canção “Gavião”, música em homenagem ao avô do rapper, que é conhecido por este apelido. Já “Praga” é um termo utilizado na região para se referir a uma criança desobediente.

“Todas as faixas fazem referência à minha família e, principalmente, ao meu avô, a partir de tudo que ele me ensinou, me proporcionou e me contou que já viveu. Ele tem uma história que me motiva e me emociona, e realiza coisas comigo. ‘Arteiro’ vem para a pista como um marco inicial de uma caminhada para a equipe que realizou, por ser um trabalho feito de alma e coração em todas as etapas”, afirma.

Derkkenner estreou no mundo da música há 4 anos com a canção “Lovzada”. Seu primeiro contato no universo do rap foi com o boom bap, depois conheceu o trap e, no final de 2018, ele se aproximou do drill, um estilo de trap. “É um gênero com uma pegada mais underground, similar ao boom bap de rua e foi onde me encontrei no processo de amadurecimento enquanto artista”, revela.

Confira o clipe do primeiro single de Derkkenner, “Abertura”:


Comentários:

  • Foco no foco
    Lutar sempre
    Resistir
    Persistir
    Amar
    E enfim, trilhar o caminho da felicidade.

  • Parabéns, Gabriel! Muito sucesso e muita luz pra você! Vai brilhar demais!!!


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
País

CCJ do Senado aprova indicação de Kassio Marques para o STF

País

Doria divulga vídeo de reunião com Pazuello para provar acordo

Dia a dia

Covid-19: Espírito Santo tem 15 óbitos em 24 horas; total chega a 3.755

Dia a dia

Casagrande se diz surpreso com recuo da aquisição das vacinas pelo governo