Vitória: Pazolini lidera 2º turno, mas margem de erro indica empate técnico - ES360

Vitória: Pazolini lidera 2º turno, mas margem de erro indica empate técnico

Segundo pesquisa da Rede Vitória/Futura, o delegado possui 53% dos votos válidos, ex-prefeito tem 47%

Lorenzo Pazolini e João coser se enfrentram no segundo turno das eleições. Foto: Reprodução
Lorenzo Pazolini e João coser se enfrentram no segundo turno das eleições. Foto: Reprodução

Com breve vantagem sobre João Coser (PT), o delegado Pazolini (Republicanos) lidera o segundo turno das eleições municipais da capital. Segundo a pesquisa de votos válidos da Rede Vitória/Futura, quando são desconsiderados os brancos, nulos, indecisos e abstenções, o deputado estadual soma 53% das intenções contra 47% do ex-prefeito. Considerando a margem de erro de quatro pontos para cima ou para baixo, há empate técnico entre os candidatos.

Na pesquisa de voto estimulado, em que o nome de Pazolini e Coser são indicados aos eleitores, o delegado soma 49% e o petista 42,9%. Votos brancos e nulos correspondem a 4,5% e indecisos 3,6%.

Os eleitores também foram questionados se suas decisões são definitas ou não. Do total de entrevistados, 90,3% disseram que sim, seus votos já foram decididos, contra 9% que ainda podem mudar de opinião até o dia das eleições. Não responderam ou não quiseram responder 0,7%.

A pesquisa

A pesquisa Rede Vitória/Futura realizou 600 entrevistas presenciais com eleitores nesta terça-feira (24), respeitando todas as normas de segurança contra a disseminação do novo coronavírus. O índice de confiabilidade é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o número ES-05407/2020.


Comentários:

  • Votar em candidato apoiado por Bolsonaro reflete obscurantismo que não combina com um povo criativo e inteligente como o capixaba. Lamentável!!!!!


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Espírito Santo pode registrar mais de 450 mortes por covid-19 em janeiro

Dia a dia

Prefeituras da Grande Vitória decidem não voltar com aulas presenciais em fevereiro

Dinheiro

Bolsonaro desafia Doria a zerar imposto sobre combustível

País

Bolsonaro chama Doria de ‘moleque’ e diz que ele e Maia querem sua cadeira para ‘roubar’