Vitória: O legado do rock em tributo ao Queen - ES360

Vitória: O legado do rock em tributo ao Queen

The Queen Extravaganza apresenta os sucessos da banda britânica em show que será realizado domingo

Espetáculo "The Queen Extravaganza" acontece em Vitória. Foto: Divulgação
Espetáculo “The Queen Extravaganza” acontece em Vitória. Foto: Divulgação

A repercussão do longa-metragem “Bohemian Rhapsody” foi tanta, no ano passado, que colocou o Queen e seu lendário vocalista, Freddie Mercury, de novo nos holofotes. A “queenmania”, no entanto, não é de hoje e já deu origem a uma banda-tributo oficial, criada em 2012 por membros originais da banda britânica. De volta ao país, o The Queen Extravaganza tem Vitória em sua rota de shows, com apresentação marcada para este domingo (15), às 20h, no Espaço Patrick Ribeiro.

Por trás das cortinas, os produtores do espetáculo são o baterista Roger Taylor e o guitarrista Brian May, ambos integrantes do Queen desde sua origem, em 1970. Eles contam com a participação do tecladista Spike Edney, que faz a direção musical da banda e já tocou com Duran Duran e Rolling Stones.

Roger e Brian escolheram a dedo quem iria interpretar ao redor do mundo os sucessos “Bohemian Rhapsody”, “Under Pressure” e “Another One Bites the Dust”. Após inúmeros processos de seleção, a Extravaganza é formada pelo canadense François-Olivier Doyon (baixo), o italiano Marco Briatore (baterista), os britânicos Nick Radcliffe (guitarrista) e Darren Reeves (teclado), e, homenageando ninguém menos que Freddie Mercury, o brasileiro Alirio Netto (vocal). Além das canções queridinhas pelo público, a banda garante surpresas e momentos para os fãs de todas as gerações.

E engana-se quem pensa que irá ver uma banda cover. “Logo nas primeiras reuniões, Roger e Brian disseram ‘não queremos ninguém imitando ninguém’. O Queen não é só Live Aid, nem só jogos cênicos… Acima de tudo, é música. Queremos mostrar o que há de genuíno na banda“, afirmou Alirio em entrevista ao Metro Jornal.

“Apesar de sermos um braço do Queen, temos nossa própria pulsação, para que o legado do rock não seja esquecido”, defende.

 

Mais notícias
Dia a dia

Espírito Santo tem 7 mortes pelo coronavírus em 24 horas

Dia a dia

Formação de ciclone pode causar tempestades nos próximos dias no ES

Dia a dia

Chuvas causam transtornos e deixam pessoas desalojadas no ES

Bem-estar

Pesquisa investiga transmissão de covid-19 entre homens e animais