Vitória começa a pagar auxílio emergencial nesta quarta-feira - ES360

Vitória começa a pagar auxílio emergencial nesta quarta-feira

Benefício será dividido em três parcelas de R$ 300. Para receber, a família precisa ter renda per capita de até meio salário mínimo, equivalente a R$ 520

Revisão de benefícios pelo governo tem de passar pelo Congresso Nacional. Foto: João Geraldo Borges Júnior/Pixabay
Famílias de Vitória começaram a receber o auxílio emergencial municipal nesta semana. Foto: João Geraldo Borges Júnior/Pixabay

Cerca de 2,8 mil famílias já podem ser contempladas com o auxílio emergencial oferecido pela prefeitura de Vitória a partir desta quarta-feira (29), quando receberão os cartões do benefício de R$ 900, dividido em três parcelas de R$ 300. A ação foi criada para minimizar os impactos provocados pela pandemia do coronavírus.

Os beneficiários serão contactados pela Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) sobre os lugares em que deverão pegar o benefício, para evitar a aglomeração social e otimizar a logística de distribuição. O pagamento será feito pelo banco Banestes.

Em Vitória, equipes estarão montadas na Emef Elzira Vivácqua, em Jardim Camburi; no Cajun Bonfim, em Bonfim; na Casa do Cidadão, em Itararé; no Centro de Referência para Pessoa com Deficiência (CRPD), em Segurança do Lar; no Alvimar Silva, em Santo Antônio; na Emef Heloísa Abreu Júdice de Mattos, em Inhanguetá; no Cmei Geisla da Cruz Militão, na Redenção; no Cmei Maria Nazareth Menegueli, em Santa Martha; na Emef Moacir Avidos, na Ilha do Príncipe, e na Fábrica de Ideias, em Jucutuquara.

Fora da capital, apenas a Emef Neusa Nunes, em Nova Palestina I, na Serra, estará recebendo os beneficiários.

Orientações

Para orientar as famílias sobre o auxílio emergencial, a gerência de Atenção à Família e a Coordenação de Transferência de Renda e Benefício do município elaborou um “guia de perguntas e respostas”. Confira abaixo:

1. Quem tem direito ao auxílio emergencial municipal?

Para ter direito ao auxílio emergencial no valor de R$ 300 mensais, pago pelo período de 3 meses, a família deve ser residente de Vitória; estar inscrito no CadÚnico em Vitória; ter renda familiar de até meio salário mínimo por pessoa; não ter recebido o auxílio emergencial do governo federal; não ter sido condenado por crime contra a administração pública e não estar cumprindo pena em regime fechado.

2. Como será feito o pagamento do auxílio emergencial municipal?

O pagamento do auxílio emergencial será realizado por meio de cartão com crédito bancário emitido em nome do responsável familiar indicado no Cadastro Único. O saque do benefício será realizado por meio do cartão, que é pessoal e intransferível.

3. Onde o cartão com esse crédito bancário deve ser buscado?

A entrega do cartão com crédito bancário será amplamente divulgada com os locais, dias e horários estabelecidos.

4. Qual membro da família poderá sacar o auxílio emergencial?

O responsável familiar do Cadastro Único será quem receberá o cartão com o crédito bancário no valor do auxílio e deverá assinar uma declaração atestando que não recebeu o auxílio emergencial do governo federal.

5. Quais documento é preciso apresentar para receber o auxílio emergencial?

É necessário apresentar um documento com foto e o CPF para o recebimento do cartão com o crédito bancário. Observação: no caso de pessoas em situação de rua que perderam toda a documentação, está em andamento pactuação com o Banestes para viabilizar a retirada do cartão com crédito bancário através de declaração do serviço em que realiza o acompanhamento socioassistencial.

6. Não consegui buscar meu cartão com o crédito bancário no dia marcado. Onde posso pegá-lo agora? 

As pessoas que não puderem ir buscar o cartão no dia marcado terão que buscá-lo no Banco Banestes, agência Bento Ferreira, que fica em frente à Prefeitura de Vitória, no horário de atendimento. O endereço é: avenida Joubert de Barros, 68, Bento Ferreira. Telefone: 3325-2525.

7. Recebi o cartão com crédito bancário, porém não consegui sacar o auxílio. Por quanto tempo ele estará disponível no banco?

O auxílio estará disponível para saque por um prazo de até 90 dias. Caso nesse prazo não tenha havido o saque, este valor será devolvido automaticamente para o Fundo Municipal da Assistência Social.

8. É possível fazer a solicitação presencial do auxílio na prefeitura, banco ou CRAS?

Não. As famílias contempladas foram selecionadas através dos dados inseridos no Cadastro Único até a data de 13 de junho de 2020.

9. Como fazer para descobrir se estou no CadÚnico em Vitória?

Você pode acessar o site de consulta ao cidadão. Além disso, outra forma de ter essa informação é através do aplicativo Meu Cadunico. Caso não consiga através das formas mencionadas, você pode abrir um chamado através do canal Fala Vitória 156, no grupo do Cadastro Único e Programa Bolsa Família com a informação do número do seu CPF. O chamado será respondido pela equipe da Central de Transferência de Renda e Benefícios.

10. Meu cadastro está desatualizado. Terei direito de receber o auxílio emergencial municipal?

Sim. Para a seleção das famílias contempladas com o auxílio emergencial municipal, foram utilizadas informações incluídas no Cadastro Único até a data de 13 de junho de 2020. Caso você se enquadre em todos os critérios estabelecidos pela lei 9647/2020, você receberá o auxílio.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Unipró lança curso de preparação para o Ifes 100% online

Bem-estar

A Escola Bíblica Dominical sob a perspectiva da Igreja Cristã Maranata

Dia a dia

Espírito Santo tem 22 mortes pela covid e 91 mil casos

País

Ministério da Saúde confirma mais de 100 mil mortos por covid-19 no Brasil