Vinhos: boas novidades, a bons preços, chegam ao mercado - ES360

Vinhos: boas novidades, a bons preços, chegam ao mercado

Há tempos o Espírito Santo se tornou um porto quase obrigatório para enólogos, produtores e sommeliers de vinícolas estrangeiras. Eles chegam aqui com um misto de curiosidade e interesse. A curiosidade é para ver de perto o Estado com o maior nível de consumo per capita de vinhos do país (6,2 litros por habitante por ano, segundo a Ideal Consultoria, especializada no assunto; o Rio Grande do Sul consome 5,4 litros por habitante). O interesse é óbvio: cavar espaço para seus rótulos, tradicionais ou novos.

Nos últimos dias, os chilenos Rafael Tirado, enólogo e proprietário da Ribera del Lago, e Eduardo Tápias, sommelier da Casa Ravanal, estiveram por aqui em eventos diferentes. Tirado participou de uma pequena feira promovida pelo Espaço D.O.C. e Tápias comandou uma degustação dos vinhos da Ravanal organizado pelo Carone Supermercados. Os dois eventos ocorreram em Vila Velha.

Tanto na feira quanto na degustação, os convidados provaram vários rótulos, dos mais variados estilos e preços. Estavam lá. por exemplo, desde os conhecidíssimos Neyen e Laberinto até o Ovation, lançamento da Ravanal, e o ótimo Bozeto, produzido em Rioja.

Como é impossível citar todos os vinhos, aqui foi feito um recorte: produtos de ótima qualidade, muitos deles chegando ao mercado, por um preço bastante honesto. Vamos a eles!

Casa del Lago Sauvignon Blanc

Casa del Lago Sauvignon Blanc, custa R$ 72 no Espaço D.O.C. Foto: Divulgação
Casa del Lago Sauvignon Blanc, custa R$ 72 no Espaço D.O.C. Foto: Divulgação

Produzida na Ribera del Lago, mesma produtora do excelente Laberinto. Bem mais em conta, o Casa del Lago exibe a mineralidade característica da região onde se localizada a vinícola: na Cordilheira dos Andes, a 600 metros de altitude, as margens do lago Colbun. Custa R$ 72 no Espaço D.O.C.

Ravanal Gran Reserva Cabernet Sauvignon

Ravanal Gran Reserva Cabernet Sauvignon. Custa R$ 53. Pode ser achado no Carone. Foto: Divulgação
Ravanal Gran Reserva Cabernet Sauvignon. Custa R$ 53. Pode ser achado no Carone. Foto: Divulgação

O lado direito do rótulo exibe a nota dada a esse vinho por James Suckling: 93 pontos. Pois esse Cabernet Sauvignon, produzido na região de Colchagua e com passagem de 14 meses por barricas de carvalho americano e francês custa módicos e honestíssimos R$ 53. Pode ser achado no Carone.

Alento Tinto

Alento Tinto, pode ser adquirido na D.O.C. POR R$ 79. Foto: Divulgação
Alento Tinto, pode ser adquirido na D.O.C. POR R$ 79. Foto: Divulgação

Os vinhos do Alentejo têm marcado muita presença no nosso mercado. Temos, lógicos, os grandes alentejanos, como o Esporão e a linha Cartuxa, por exemplo. E temos vinhos capazes de combinar bom preço com uma característica deliciosa: a facilidade de agradar o paladar. Esse Alento é leve, equilibrado, fácil de beber. E pode ser adquirido na D.O.C. POR R$ 79.

Ravanal Gran Reserva Chardonnay

Ravanal Gran Reserva Chardonnay, custa R$ 53. Foto: Divulgação
Ravanal Gran Reserva Chardonnay, custa R$ 53. Foto: Divulgação

Um branco capaz de impressionar pela riqueza de aromas e sabores. As uvas são prensadas lentamente, pelo próprio peso da fruta acomodada em grandes lotes. Estagiam em barricas de carvalho francês e americano. Os toques de manteiga e amêndoas não são exagerados, e a fruta aparece muito bem. Enfim, um vinho excelente por R$ 53.

Ovation Syrah

Ovation Syrah, custa R$ 106. Foto: Divulgação
Ovation Syrah, custa R$ 106. Foto: Divulgação

O vinho foi criado para celebrar os 50 anos de carreira de Mário Ravanal. Syrah é sempre uma uva confiável. Neste caso, o mosto da uva passa 18 meses em barricas de carvalho francês. torna-se um vinho estruturado, com muita vida pela frente. Merece ser decantado por ao menos meia hora antes de ser servido. Está um pouco acima da faixa média da seleção de hoje (custa R$ 106), mas acredite: vale a pena.

Há mais de 10 anos escrevo sobre vinhos. Não sou crítico. Sou um repórter. Além do conteúdo da garrafa, me interessa sua história e as histórias existentes em torno dela. Tento trazer para quem me dá o prazer da sua leitura o prazer encontrado nas taças de brancos, tintos e rosés. E acredite: esse prazer é tão inesgotável quanto o tema tratado neste espaço.

Os artigos publicados pelos colunistas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam as ideias ou opiniões do ES360.

Mais Colunas