Vereadoras eleitas correspondem a 10,11% do total de representantes do Legislativo no ES - ES360

Vereadoras eleitas correspondem a 10,11% do total de representantes do Legislativo no ES

Dos 860 vereadores eleitos neste domingo (15) para as Câmaras Municipais, apenas 87 são mulheres

Karla Coser e Camila Valadão foram eleitas vereadoras de Vitória. Foto: Reprodução/Instagram
Karla Coser e Camila Valadão foram eleitas vereadoras de Vitória. Foto: Reprodução/Instagram

As vereadoras eleitas correspondem a 10,11% do total de representantes do Legislativo do Espírito Santo. Do total de 860 vagas para as Câmaras municipais, apenas 87 delas foram preenchidas por mulheres no domingo (15).

Apesar de mais da metade da população ser de mulheres no Espírito Santo (51%), esse percentual, contudo, não se espelha na ocupação de determinados espaços, como a política. As mulheres foram responsáveis por 34,4% das candidaturas do cargo de vereador. Em todo o estado, eram 11.479 candidatos, sendo 3.945 mulheres e 7.534 homens.

Os resultados das eleições de 2020 apontam que Vargem Alta será o município com a maior representatividade feminina na Câmara de Vereadores: 4 das 11 vagas serão ocupadas por mulheres (36,36%). Além disso, em onze cidades capixabas, as mulheres ficaram em primeiro lugar entre os vereadores eleitos: Anchieta, Baixo Guandu, Conceição da Barra, Dores do Rio Preto, Ibiraçu, Iconha, Ponto Belo, Muniz Freire, Presidente Kennedy, Santa Leopoldina e São Gabriel da Palha.

Em Vitória, Vila Velha, Serra e Cariacica, apenas cinco mulheres foram eleitas para as Câmara municipais, o que corresponde a 6,7% do total de representantes do Legislativo nas quatro maiores cidades do estado.

> “Triste por ter sido só eu”, diz a única prefeita eleita do ES

Em relação à atual gestão de Vitória, Vila Velha, Serra e Cariacica, elas perderam espaço. Ao todo, sete vereadoras exercem mandatos atualmente nesses municípios. Cariacica tem o pior cenário: nenhuma mulher conquistou uma vaga para o Legislativo. Já a capital terá duas representantes femininas na Câmara Municipal, fato que não acontecia desde 1989. Camila Valadão (Psol) obteve 5.625 votos, a segunda maior votação da capital e do Espírito Santo. Já Karla Coser (PT) se candidatou pela primeira vez e se elegeu com 1.961 votos.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Eleições 2020

368 urnas substituídas e mais 500 mil eleitores já justificaram ausência no país

Esportes

Acidente impressionante com Grosjean interrompe GP do Bahrein

Dinheiro

‘Quem falar em Renda Cidadã, cartão vermelho’, diz Bolsonaro

Eleições 2020

Bolsonaro questiona urna eletrônica e ironiza ‘voto por celular’