Vereador de Vila Velha é investigado por "rachid" - ES360

Vereador de Vila Velha é investigado por “rachid”

Polícia Federal e Ministério Público cumpriram cinco mandados de busca e apreensão. Vereador de Vila Velha não foi identificado

Um vereador de Vila Velha é investigado por um suposto esquema criminoso voltado à prática de “rachid” dentro da Câmara Municipal. Na manhã desta sexta-feira (19), a Polícia Federal e o Ministério Público do Estado, por meio do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), cumpriram cinco mandados de busca e apreensão em Vila Velha e Viana nas casas dos envolvidos.

De acordo com a Polícia Federal e o Ministério Público, as investigações indicam que assessores devolviam parte das suas remunerações da Câmara para o vereador que os indicou. Os repasses eram realizados por meio de saques de contas bancárias dos assessores acompanhados de imediatos depósitos em contas de terceiros, além da conta de uma empresa do vereador.

A identidade dos envolvidos não foi divulgada e será preservada tendo em vista que as investigações continuam sob sigilo.

A Operação Endosso, como foi batizada, acontece em decorrência das ações realizadas pelos órgãos públicos no Fórum de Combate à Corrupção no Espírito Santo. Cerca de 20 policiais participaram da operação.

Em nota, a Câmara Municipal de Vila Velha afirma que não recebeu nenhuma notificação sobre o caso.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
País

Governo fecha contrato para compra de vacinas da Pfizer

Dia a dia

Paciente transferido de Santa Catarina chega ao ES

Política

Casagrande é pré-candidato à presidência, diz PSB

Dia a dia

Maranata leva ensinamentos a pessoas com deficiência