Terceira Ponte: população pode opinar sobre formas de pagamento do pedágio - ES360

Terceira Ponte: população pode opinar sobre formas de pagamento do pedágio

As contribuições podem ser enviadas por email até às 23h59min do dia 14 de fevereiro ou na sede da Arsp na Enseada do Suá, em Vitória

Pedágio foi reajustado no dia 1 de janeiro. Foto: Chico Guedes
Pedágio foi reajustado no dia 1 de janeiro. Foto: Chico Guedes

A Arsp (Agência de Regulação de Serviços Públicos do Espírito Santo), que regula a concessão da Terceira Ponte, quer ouvir a população sobre novas alternativas para pagamento do pedágio. A consulta pública para receber as sugestões está aberta até o dia 14 de fevereiro.

Desde o início do ano, com o aumento do pedágio de R$ 2 para R$ 2,10, usuários voltaram a cobrar novas formas de pagamento, visto que o troco em moedas tem atrasado a passagem dos veículos e provocado congestionamentos.

Atualmente, quem passa pela Terceira Ponte tem a opção de pagar em dinheiro na cabine ou passar pela Via Expressa, com TAG de cobrança no débito em conta ou cartão de crédito.

A ideia da Arsp é substituir a Via Expressa por sistemas de cobrança já operados em rodovias do país. A agência se baseia em empresas cadastradas na agência reguladora de estradas de São Paulo, como Sem Parar, ConectCar, Greenpass, MoveMais e Veloe.

Questionada sobre o assunto, a Rodosol diz apoiar as medidas que contribuam para a fluidez no trânsito, mas defende que o uso de cartão de crédito ou débito nas cabines é inviável, pois exigiria o dobro de tempo para a operação. A concessionária diz que hoje o tempo médio de cobrança é de 12 segundos.

Proposta

A nota técnica da Arsp defende que mudar a oferta da Via Expressa pode diversificar os serviços oferecidos ao usuário, que com o mesmo TAG pode pagar pedágio e estacionamento, além de outros serviços.

A minuta da resolução diz, ainda, que a empresa deve oferecer serviço semelhante ao atual, com isenção de mensalidade, taxa de adesão ou de recarga aos que optarem para uso exclusivo nas praças da Rodosol.

As contribuições sobre a minuta podem ser enviadas para [email protected] até às 23h59min do dia 14 de fevereiro ou na sede da Arsp, na Av. Nossa Senhora dos Navegantes, nº 955, Sala 401, Enseada do Suá, das 08h às 17h.

Mais notícias
Cult

Só local sem restriação de circulação terá verba da Cultura

País

Com UTIs lotadas, SP fica perto do colapso

Dia a dia

Há um ano, covid-19 era identificada no Espírito Santo

Dia a dia

Governo do ES abre mais de 10 leitos de UTI em Vitória