Terceira Ponte: Casagrande critica prazo da Justiça - ES360

Terceira Ponte: Casagrande critica prazo da Justiça

O governador diz que vai anunciar barreira nos próximos dias e que não precisa de decisão judicial para cumprir compromisso

O prazo de 180 dias determinado pela Justiça, na última terça-feira, para a instalação de uma barreira de proteção na Terceira Ponte foi criticado pelo governador Renato Casagrande, nesta quinta-feira. Ele afirmou que nos próximos dias o governo vai anunciar uma proposta de barreira e que não precisa de decisão judicial para cumprir seu compromisso.

“Em seis meses, é totalmente inviável. Não há como concluir uma obra daquela, sendo que não recebemos nada a não ser um croqui de como poderia ser. Tem o processo de elaboração de projeto executivo, de licitação, de execução. É uma obra complexa, feita em um ambiente complexo”, afirmou.

Ele disse que o modelo de proteção está em fase final de definição. “Nos próximos dias, teremos condições de apresentar essa proposta. Não precisamos de decisão judicial para que a gente possa cumprir nossa tarefa.”

Mais notícias
Dia a dia

Motoboys protestam contra alta da gasolina na Grande Vitória

Política

Governo quer ‘simplificar’ regras trabalhistas

Dinheiro

Dívida pública fecha janeiro com recorde de 89,7% do PIB

Dia a dia

Com ações inclusivas, Maranata leva ensinamentos a pessoas com deficiência