Taxa de ocupação das UTIs para covid-19 sobe para 84,34% no Espírito Santo - ES360

Taxa de ocupação das UTIs para covid-19 sobe para 84,34% no Espírito Santo

Dos 295 leitos de UTI destinados à covid-19 na região Metropolitana, 259 estão preenchidos. Isso significa que a taxa de ocupação das UTIs no estado subiu para 87,80%

UTI no Hospital Dório Silva, na Serra. Foto: Divulgação/Sesa
UTI no Hospital Dório Silva, na Serra. Foto: Divulgação/Sesa

 

O aumento de internações em decorrência do novo coronavírus registrado nas últimas semanas confirma a tendência de crescimento de casos graves no Espírito Santo. Nesta quarta-feira (18), a taxa de ocupação das UTIs exclusivas para pacientes diagnosticados com a covid-19 atingiu 84,34%. Dos 415 leitos existentes, 350 estão em uso. Caso contasse ainda com a ampliação total de leitos durante o auge da pandemia, quando chegou a contar com 715 UTIs, o índice de ocupação seria de 48,95%. Os dados foram atualizados no Painel Covid-19 da Secretaria da Saúde.

O cenário na Região Metropolitana, que abrange, além de municípios da Grande Vitória, algumas cidades das regiões Serrana e Noroeste, é a mais preocupante. No Twitter, o secretário da Saúde, Nésio Fernandes, revelou que houve uma estabilização de casos entre 7 de setembro e 14 de outubro na região, apresentando crescimento depois desse período. Em 8 de novembro, a média móvel de casos de coronavírus em 14 dias chegou a 132,64 na região, ultrapassando o limite do pico da primeira onda.

Dos 295 leitos de UTI destinados à covid-19 na região Metropolitana, 259 estão preenchidos. Isso significa que a taxa de ocupação das UTIs no estado subiu para 87,80%, de acordo com a última atualização feita pela Secretaria da Saúde na tarde desta quarta-feira. Para especialistas, este é mais um sinal de que a transmissão do coronavírus vem aumentando. Outro fator é a taxa de transmissão do coronavírus que está em 1,21 na Grande Vitória, o que significa que um infectado é capaz de transmitir o vírus para mais de uma pessoa.

No Twitter, o secretário da Saúde ressalta que o comportamento nas UTIs foi precedido de um aumento sustentado de internações em enfermarias para covid-19 que foi registrado a partir do dia 14 de outubro. E, como mostra o Painel Covid-19, mesmo contando com um aumento no número de leitos de enfermarias, a ocupação no estado já é de 71,93% nesta quarta-feira. Dos 431 leitos disponibilizados, 310 estão ocupados. Caso a ampliação total de leitos exclusivos para a covid-19 como em julho, a ocupação seria de 37,94%.

A Secretaria da Saúde garante que está com um edital em aberto para a ampliação de leitos exclusivos para covid-19 na rede do Sistema Único de Saúde (SUS) e também a renovação de contrato com hospitais privados. Esclarece que o chamamento visa a contratação de um total de até 130 leitos de UTI e 187 de enfermaria. Destes, 40 leitos de UTI e 150 de enfermaria já foram aderidos.

De acordo com a Secretaria da Saúde, ainda há previsão de entrega de mais 160 leitos, fruto de obras na rede própria, até o final deste ano. Esses leitos poderão ser disponibilizados para paciente covid-19 em caso de ascendência da curva.

A Secretaria da Saúde frisa que trabalha com a disponibilidade de leitos de forma estadual e que que estratégias estão sendo adotadas de acordo com o comportamento da curva da doença que é observada diariamente já que a taxa de ocupação dos leitos nos hospitais é dinâmica.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Detran-ES lança serviço automatizado de registro de veículos novos

Mundo

Moderna anuncia eficácia em vacina e pedirá uso emergencial nos EUA e Europa

Cult

Netflix anuncia série ‘Maldivas’, com Bruna Marquezine, Manu Gavassi e Sheron Menezzes

Dinheiro

Contas públicas fecham com superávit pela 1ª vez desde início da pandemia