Sobre chefes e líderes - ES360

Sobre chefes e líderes

  • Por Ricardo Coelho

Todos os dias, eu aprendo algo novo na internet e acredito, mesmo, que a rede mundial de computadores está aí para isto: compartilhar informações e conhecimento. Uma das coisas que aprendi não tão recentemente, e que foi muito válida, é a relação entre “chefe” e “líder”. Em todas as redes sociais, fala-se tanto desse assunto, que me sinto motivado a escrever sobre.

Tenho certeza que a imagem acima já lhe foi apresentada em algum momento. Clássica e muito romântica, ela exibe o chefe numa posição ditadora, como se ele fosse um vilão, e o líder como o herói que salva a equipe, o verdadeiro mocinho da história. Essa ilustração é um clássico exemplo da romantização de tudo o que existe, da necessidade de criar um vilão diante de uma posição hierárquica elevada.

Eu concordo que ser chefe é uma posição, um cargo meramente organizacional, mas a pessoa não precisa ser chefe para ter posição de liderança em uma empresa ou em um grupo. Não discutirei esse mérito para não me delongar. A minha posição é a de que existem diferentes tipos de chefia/liderança, e não que um tipo é vilão e outro mocinho. Tem aquele que é impositor, aquele que vai à frente conduzindo, aquele legalzão, o mala e tantos outros. Depende muito do jeito da pessoa que está conduzindo ou chefiando e da equipe em que ela está à frente.

A função de um chefe é alcançar resultados, e quem leva aos resultados são pessoas. Para isso, ele precisa gerenciar esses indivíduos. Gerenciar nada mais é do que resolver problemas. Logo, um chefe/líder deve resolver os problemas de seu time para, assim, alcançar os resultados. Se ele alcança esses resultados, ele é bom; se não, ele não é bom! É só isso.

Não existe diferença entre chefe e líder quando o indivíduo exerce um papel à frente do time. É tudo a mesma coisa… Agora, se para o entendimento ou interesse, você gosta de ler a palavra líder, tudo bem, mantemos assim. Mas, não passa de uma boa maquiagem de termos simples de serem entendidos.

Sobre o autor

Ricardo Coelho. Foto: Divulgação
Ricardo Coelho. Foto: Divulgação

Ricardo Coelho é Engenheiro de Produção e Mestre em Administração de Empresas. Atualmente é Consultor de Empresas, Conselheiro do CREA/ES e membro do IBEF Academy

Ibef Academy é o ciclo de formação do IBEF Jovem ES, focado em conteúdo das áreas de finanças e economia. Seu objetivo é melhorar o ambiente de negócios e financeiro do Espírito Santo, através da auto capacitação de seus membros nas referidas áreas. O IBEF Jovem ES, por sua vez, é o braço do Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças do Espírito Santo (IBEFES) que reúne profissionais com até 35 anos.

Os artigos publicados pelos colunistas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam as ideias ou opiniões do ES360.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais Colunas