Sobe para 11 mil o número de pessoas fora de casa no Espírito Santo - ES360

Sobe para 11 mil o número de pessoas fora de casa no Espírito Santo

Alegre é o município com maior número de desalojados no estado: 2.300

Após chuva, mutirão faz limpeza nas ruas de Cachoeiro de Itapemirim. Foto: Divulgação/Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim
Após chuva, mutirão faz limpeza nas ruas de Cachoeiro de Itapemirim. Foto: Divulgação/Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim

 

O Espírito Santo continua sendo castigado pelas chuvas fortes e o número de pessoas fora de suas aumentou para 11.180. Até às 17 horas desta segunda-feira (27), Alegre é o município com maior número de desalojados no estado: 2.300. No total são 9.296 desalojados e 1.884 desabrigados. Também há registro de seis feridos e nove mortes.

> Alegre suspende alerta para risco de rompimento de barragem

A CEPDEC (Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil) afirmam que ainda há alto risco hidrológico em 14 municípios: São José do Calçado, Bom Jesus do Norte, Apiacá, Castelo, Iúna, Muniz Freire, Cachoeiro de Itapemirim, Afonso Cláudio, Itapemirim, Brejereba, Itatiba, Baixo Guandu, Colatina e Linhares.

São Mateus registrou o maior acumulado de chuvas no estado nas últimas 24 horas: 82,40 milímetros. Foram registrados pontos de alagamentos no Centro e no bairro Sernambi. Não há registro de desalojados e nem desabrigados até o momento.

Em Colatina, cinco imóveis localizadas em área de risco de deslizamento foram interditados e 18 pessoas estão desalojadas. O Rio Doce já começou a transbordar e já há registro de inundação no bairro Martinelli.

O Rio Itabapoana, em Bom Jesus do Norte, atingiu a cota de inundação neste domingo e provocou alagamentos no município e interdição da rodovia. Equipes do Corpo de Bombeiros realizaram resgate de pessoas ilhadas.

Cachoeiro de Itapemirim foi um dos municípios mais afetados pelas chuvas durante o final de semana. Nesta segunda-feira, o governo do estado decretou “Estado de Calamidade Pública” no município.

De acordo com o Incaper (Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural), o tempo deve permanecer instável em todo o estado. A previsão é que ocorra pancadas de chuva ao longo do dia em todas as regiões, sendo que trechos sul e oeste da região Noroeste, a maior frequência de chuva vai ocorrer de manhã e à noite. Os ventos sopram com intensidade moderada no litoral.

Mais notícias
Dia a dia

Há um ano, covid-19 era identificada no Espírito Santo

Dia a dia

Governo do ES abre mais de 10 leitos de UTI em Vitória

Dia a dia

Mapa de Risco: Apenas Ibatiba está em risco alto no Espírito Santo

Dinheiro

Motoristas questionam cobrança de imposto do diesel em nota fiscal