Senado da Argentina aprova legalização do aborto até 14ª semana de gestação - ES360

Senado da Argentina aprova legalização do aborto até 14ª semana de gestação

Impulsionado pelo presidente Alberto Fernández, texto autoriza a interrupção legal da gravidez até a 14ª semana de gestação

O Senado da Argentina aprovou, na madrugada desta quarta-feira, 30, a legalização do aborto até a 14ª semana de gestação. Já confirmada na Câmara dos Deputados do país, a medida foi aprovada no Senado por 38 votos a 29, após 12 horas de debate de acordo com a imprensa local, confirmando uma das promessas de campanha do presidente Alberto Fernández.

Pela norma aprovada, segundo a agência oficial Télam, profissionais que não concordem com a prática podem invocar objeção de consciência para não se envolver ela.

Estadão Conteúdo


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Bem-estar

Itamaraty: Índia tem ‘boa vontade’ para liberar vacina, mas há problema logístico

Mundo

Tour no Capitólio na véspera da invasão levanta suspeita de cumplicidade interna

País

Explicação mais plausível para explosão da covid em Manaus é nova variante do vírus

Dia a dia

ES aguarda definição sobre quantidade de vacinas contra a covid-19