Roubo de ouro: seis suspeitos têm prisão preventiva decretada - ES360

Roubo de ouro: seis suspeitos têm prisão preventiva decretada

No dia 25 de julho, o grupo invadiu o aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (SP), e roubou 718,9kg de ouro. Prejuízo é de R$ 110 milhões

A Polícia Civil informou na noite de segunda-feira, 5, que a Justiça decretou a prisão preventiva de seis pessoas envolvidas no roubo de 718,9 quilos de ouro no terminal de cargas do Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos. Quatro pessoas estão presas e dois outros suspeitos são procurados pelos agentes.

O crime aconteceu no dia 25 de julho, quando uma quadrilha usou viaturas falsas da Polícia Federal para entrar no aeroporto e, em uma ação rápida, levar o ouro que teria como destino final os Estados Unidos e o Canadá. O prejuízo foi estimado em cerca de R$ 110 milhões e desde o primeiro dia as investigações foram conduzidas pelo Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), da Polícia Civil paulista.

Na segunda, não foram divulgadas informações que detalhassem as suspeitas contra as pessoas que tiveram as prisões decretadas. As primeiras suspeitas recaíram sobre funcionários do aeroporto. Peterson Patrício, de 33 anos, havia dito à polícia que tinha sido feito de refém da quadrilha, mas a polícia acredita que ele tenha contribuído com informações sobre a rotina do terminal, além de dados específicos sobre a carga de ouro. Um amigo dele e um pintor encontrado com munição restrita também estão detidos.

Estadão Conteúdo

Mais notícias
País

Governo fecha contrato para compra de vacinas da Pfizer

Dia a dia

Paciente transferido de Santa Catarina chega ao ES

Política

Casagrande é pré-candidato à presidência, diz PSB

Dia a dia

Maranata leva ensinamentos a pessoas com deficiência