Rodoviários fazem operação "marcha lenta" em protesto - ES360

Rodoviários fazem operação “marcha lenta” em protesto

Manifestação da categoria é contra a retirada dos cobradores dos novos ônibus do sistema Transcol com ar-condicionado

O presidente do Sindirodoviários (Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado), José Carlos Sales Cardoso, anunciou para quarta-feira, dia 3, um novo protesto da categoria. Eles são contra a retirada dos cobradores de dentro dos novos veículos adquiridos pelo governo do estado. Os ônibus, que possuem ar-condicionado, realizam a cobrança dos usuários automaticamente por meio do cartão de bilhetagem eletrônica, o bilhete único.

O ato foi anunciado na manhã desta segunda-feira, dia 1º, durante uma manifestação da categoria. Eles seguiram da avenida Vitória, na capital, até o Palácio Anchieta ocupando duas faixas das vias por onde passavam. Apesar de ter garantido que o serviço não seria afetado, Cardoso disse que muitos motoristas aderiram ao protesto.

“Os ônibus estão funcionando. Em marcha lenta, mas estão funcionando”, disse o presidente dos Rodoviários, José Carlos Sales Cardoso.

Entenda

Na última quarta-feira, o governo do Estado entregou 20 dos 100 ônibus com ar-condicionado que vão integrar a nova frota do sistema Transcol. Até 2022, serão 600 coletivos no total. Segundo o Sindirodoviários, a categoria não foi consultada sobre a estrutura dos novos coletivos que dispensa o serviço dos cobradores.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

ES vai fazer convênio com laboratórios para ampliar testagem de covid-19

Dia a dia

Greve do lixo: Justiça aplica multa e ordena condução de sindicalistas pela polícia

Dia a dia

Covid-19: Espírito Santo tem 27 óbitos e 1.072 casos em 24 horas

Dia a dia

Espírito Santo aumenta de novo número de leitos de UTI para covid-19