Reajuste de policiais ainda está sem acordo no Espírito Santo - ES360

Reajuste de policiais ainda está sem acordo no Espírito Santo

Nova reunião está marcada para segunda-feira (3), às 14h, no Palácio da Fonte Grande, para discutir o tema novamente

Há uma semana, policiais foram às ruas. Foto: Chico Guedes
Nova rodada de negociação está marcada para segunda-feira. Foto: Chico Guedes

 

Terminou mais uma vez sem acordo a reunião dos representantes dos policiais militares, civis e bombeiros com o governo do estado.

Representante da Frente Unificada de Valorização Salarial, o coronel Marcos Aurelio Capita disse que mesmo tendo apresentado uma nova proposta, o governo manteve os 4% de aumento a cada ano, já anunciado anteriormente. Nova reunião está marcada para segunda-feira (3), às 14h, no Palácio da Fonte Grande, para discutir o tema novamente.

Para o tenente Emerson Santana, que também atua na Frente, um dos principais pontos defendidos pela categoria é a incorporação da escala especial, que representa cerca de 5% de aumento no salário. “A escala é algo que a gente recebe rotineiramente. Se ficar doente, perde.”

> Policiais já pressionam 12 estados por aumento

Já o secretário de governo Tyago Hoffmann apontou três avanços na proposta do governo. Um deles foi a antecipação dos primeiros 4% de aumento de julho para abril deste ano. Outro foi a antecipação da escala especial do final de 2021 para julho de 2020. Hoffmann disse ainda que foi colocado na mesa de negociação um aumento diferencial de 4% só para soldados da PM.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
País

Só Lula poderia superar Bolsonaro, diz pesquisa

Mundo

Em Israel, Ernesto Araújo defende parceria tecnológica contra a covid

País

Brasil tem maior alta de óbitos entre países com mais mortes pela covid

Dia a dia

ES registra mais 12 mortes e 1.324 casos em 24 horas