Quanto custam os parlamentares do Espírito Santo? - ES360

Quanto custam os parlamentares do Espírito Santo?

Além do salário, alguns eleitos têm direito a auxílios como moradia, passagens aéreas, combustível e até para cópias

Quando um parlamentar se elege, junto dele são “empossadas” dezenas de outras pessoas. Para dar suporte à atividade legislativa, viabiliza-se uma ampla estrutura de gabinete. Além do salário, o eleito tem direito a uma série de benefícios, como auxílios e cotas para moradia, passagens, combustível e até cópias. Colocando tudo isso na ponta do lápis, você sabe quanto custa um parlamentar?

Nossa equipe de reportagem levantou os valores máximos à disposição de vereadores de Vitória, deputados estaduais e federais e senadores do Estado. O gasto aumenta de acordo com o cargo: um vereador na capital custa até R$ 45,2 mil por mês, já um senador pode chegar a custar até R$ 312 mil por mês. Em um ano, os gastos para manter a estrutura dos três senadores eleitos pelo Espírito Santo podem somar até R$ 11,2 milhões.

Mas nem tudo que está à disposição dos parlamentares é necessariamente usado. É o caso do auxílio-moradia a que deputados federais e senadores têm direito. A maioria opta por ocupar imóveis funcionais em Brasília.

Dados do portal da Câmara dos Deputados Federais permitem saber exatamente quanto eles gastaram e custaram para os cofres públicos, de fato, até agora. No caso dos 10 parlamentares do estado, a média por deputado está em torno de R$ 130,4 mil mensais – abaixo do montante máximo à disposição, de R$ 187,1 mil.

Custos tão altos acabam sendo percebidos negativamente pela sociedade, explica o coordenador do MBA de Gestão Pública da UVV, Wallace Millis. “Primeiro, porque não atendem a uma necessidade de racionalização de recursos. Segundo, porque não resultam em uma entrega de benefícios à sociedade na mesma medida”.

Ele defende estrutura mais enxuta. “Poderiam trabalhar em uma lógica de compartilhamento, visando a sustentabilidade dos processos e não a tradição de gastos”.

Os gastos na política

Câmara de Vereadores

Cada gabinete de um vereador de Vitória custa R$ 45.266,97 por mês, considerando o gasto total com assessores e o salário do vereador. Não entra na conta o gasto com diárias, que não são limitadas por mês.

Salários:

R$ 8.621,41 por mês (não recebem 13º e nem um terço de férias).

Diárias em viagens:

R$ 378, para viagens fora do Estado.


Verba de gabinete:

R$ 36.645,56 por mês para contratação de até 15 assessores. Os servidores ainda têm direito a auxílio-alimentação de R$ 768 e adicional por tempo de serviço. Os comissionados ganham de R$ 1.330,12 a R$ 9.547,49.

Assembleia Legislativa

Cada gabinete de um deputado estadual custa até R$ 99.322,25 por mês, considerando:

Salário:

R$ 25.322,25 por mês e mais 13º salário.

Cota parlamentar:

R$ 3 mil por mês, para serem gastos com despesas como diárias, passagens, combustível e telefone, entre outras.

Verba de gabinete:

Os deputados estaduais gastam, em média, R$ 57.575,91 com pagamento de assessores, mas há casos de gabinetes com gastos de até R$ 71 mil. Pela regra, cada um deputado pode ter até 19 assessores, com salários que variam entre R$ 1.371,56 a R$ 6.313,34. O limite é dado pela soma da pontuação atribuída aos cargos, que não pode ultrapassar o máximo de 100 pontos. Os assessores têm direito, ainda, a adicional por tempo de serviço.

Câmara Federal

Cada gabinete de um deputado federal do Espírito Santo custa até R$ 187.115,82 por mês. Não entra nessa conta os gastos com diárias em viagens oficiais, cujos valores não são limitados por mês.

Salário:

R$ 33.763,00 por mês.

Cota parlamentar:

R$ 37.423,91 por mês, para cobrir despesas como passagens aéreas, telefonia, manutenção de escritórios de apoio à atividade parlamentar, hospedagem, locomoção e combustível, entre outros. A cota é diferente para cada estado da federação.

Auxílio-moradia:

R$ 4.253,00 por mês, caso o deputado não ocupe um dos apartamentos funcionais da Câmara em Brasília.

Verba de gabinete:

Até R$ 111.675,59 por mês para pagar salários de até 25 secretários parlamentares, que ganham de R$ 1.025,12 a R$ 15.698,32. Encargos trabalhistas como 13º, férias e auxílio-alimentação não são cobertos pela verba de gabinete, sendo pagos com recursos da Câmara.

Diárias em viagens:

R$ 524,00 para viagens nacionais. Nas viagens internacionais, o valor é de US$ 391,00 para países da América do Sul, e de US$ 428,00 para outros países.

Senado

Cada gabinete de um senador do Espírito Santo custa até R$ 312.416,81 por mês. O valor não inclui gastos com combustível.

Salário:

R$ 33.763,00 por mês. Tanto no início quanto no fim do mandato, recebem também ajuda de custo equivalente ao valor do subsídio para compensar despesas com mudança e transporte.

Verba de gabinete:

Até R$ 227.172,21 por mês, para a contratação de servidores comissionados, sendo cinco assessores técnicos, seis secretários parlamentares e um motorista. Os salários vão de R$ 4.498,12 a R$ 22.943,73. Os cargos de assessor e secretário parlamentar podem ser fracionados em até 50 cargos com menor remuneração.

Cota parlamentar:

R$ 33.176,60 por mês, composto por verba para transporte aéreo equivalente a cinco passagens de ida e volta do estado de origem para Brasília mais verba indenizatória de R$ 15 mil para despesas como aluguel, material para escritório e locomoção, entre outras. A cota é diferente para cada estado. A despesas são ressarcidas mediante comprovação dos gastos.

Serviços gráficos:

R$ 8.500 mil por mês.

Telefonia:

R$ 500 por mês para telefonia fixa residencial. Não há limite para gastos com telefone celular.

Combustível:

300 litros de gasolina ou 420 litros de álcool por mês.

Caixa-postal:

R$ 3.805 por mês para gastos com postagens. A cota é diferente para cada estado da federação.

Auxílio-moradia:

R$ 5.500 por mês, quando não houver disponibilidade de imóvel funcional.

Mais notícias
Eleições 2020

Candidatos recebem R$ 4,1 milhões para o 2º turno; veja quem mais recebeu

Dia a dia

Covid-19: Espírito Santo tem 23 mortes e 1.789 casos em 24 horas

Mundo

“Cão de guarda” vence prêmio de foto de pet mais engraçada em 2020

País

Fiscal do Carrefour que aparece nos vídeos da morte de João Alberto Freitas é presa