Primeira avaliação médica constata entorse em tornozelo de Neymar - ES360

Primeira avaliação médica constata entorse em tornozelo de Neymar

PSG considera resultado tranquilizador, mas jogador fará mais exames

Diretor do PSG diz confiar em julgamento após Neymar denunciar racismo. Foto: Reprodução/Instagram
Neymar. Foto: Reprodução/Instagram

O Paris Saint-Germain (PSG) sentiu certo alívio ao saber nesta segunda-feira (14) que a lesão no tornozelo de Neymar não foi tão grave quanto se imaginava, depois que o atacante foi carregado de campo em uma maca durante a derrota por 1 x 0 para o Olympique Lyon no domingo (13).

Neymar, que sofreu graves contusões no pé em 2018 e 2019, chorou ao deixar o campo nos acréscimos, após uma entrada de Thiago Mendes, do Lyon, que recebeu cartão vermelho direto.

Mas, felizmente para Neymar e seu clube, o boletim médico do PSG informou que o primeiro exame do brasileiro foi “tranquilizador”, dizendo que ele torceu o tornozelo em vez de fraturá-lo e que passará por mais exames nos próximos dois dias.

A notícia significa que Neymar deve se recuperar a tempo para a primeira partida das oitavas de final da Liga dos Campeões contra seu antigo clube, o Barcelona, em fevereiro. Será o primeiro encontro do brasileiro com o time catalão desde sua saída em 2017 por um valor recorde de 222 milhões de euros.

“Choro é de dor, desespero, medo, angústia, cirurgia, muletas e outras lembranças ruins”, escreveu o atacante no Instagram. “Poderia ser pior, mas mais uma vez Deus me livrou de algo sério. Recuperar e voltar o mais rápido possível.”

O pai de Neymar, por sua vez, disse que seu filho precisa de mais proteção. “Até quando? Tanto se fala sobre isso, tanto lembramos esse excesso de violência! Por que não inibir no início, na primeira, por que esperar a 7ª, a 8ª, a 9ª falta?”, afirmou ele no Instagram.

Agência Brasil


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
País

Por falta de oxigênio, bebês recém-nascidos de Manaus serão transferidos para outros estados

Dia a dia

Espírito Santo pode registrar mais de 450 mortes por covid-19 em janeiro

Dia a dia

Prefeituras da Grande Vitória decidem não voltar com aulas presenciais em fevereiro

Mundo

Mundo ultrapassa marca de 2 milhões de mortes pela covid-19