Praia da Costa é o bairro com maior número de óbitos pela covid-19 no ES - ES360

Praia da Costa é o bairro com maior número de óbitos pela covid-19 no ES

O Painel Covid-19 passa a disponibilizar um gráfico com dados de óbitos e letalidade por bairros a partir desta segunda-feira (1º)

Vista aerea de Vila Velha. Foto: Danielli Saquetto
Vista aerea de Vila Velha. Foto: Danielli Saquetto

 

O Painel Covid-19, da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), contabiliza um total de 5.888 óbitos em decorrência da covid-19 até esta segunda-feira (1º) no estado. Desse total, 75 eram moradores da Praia da Costa. Com uma taxa de letalidade de 1,7%, o bairro de Vila Velha lidera o ranking do número de mortes em todo o Espírito Santo.

O bairro canela-verde é o segundo com maior incidência da doença no estado: 4.367 contaminados. Perdendo apenas para Jardim Camburi, em Vitória, que tem um total de 4.928 diagnósticos positivos da covid-19, mas segue em segundo lugar no ranking de óbitos por bairro no estado, com 59 vítimas do novo coronavírus. A Praia do Canto aparece na sequência com 47 óbitos.

O município de Vila Velha, com 39.123 registros e 791 óbitos, mantém o maior número de moradores diagnosticados com covid-19 desde o início da pandemia. Em seguida, está Serra com 36.953 contaminados e 720 vítimas, onde a maior concentração de óbitos foi registrada em Laranjeiras, com 34 mortos.

O gráfico acompanha o número de óbitos e letalidade por bairros e está disponível a partir desta segunda-feira (1º). “Nós pretendemos desta maneira ter uma capacidade de diagnóstico da situação da pandemia no nosso estado em um território menor do que o município. A partir deste momento, queremos na atualização da agenda de resposta rápida da atenção primária, avaliar a letalidade e capacidade de testagem por bairro”, explicou o secretário da Saúde, Nésio Fernandes.

O secretário detalhou que a ferramenta serve para que no futuro seja possível acompanhar a taxa de letalidade e a capacidade de atendimento por unidade básica de saúde. Elas terão o desempenho no enfrentamento à pandemia avaliado. Ainda segundo o secretário, o Estado está adquirindo testes de antígeno, que detecta a doença com até três dias de contágio, que serão distribuídos para unidades hospitalares e também para as unidades básicas de saúde para ampliar a capacidade de testagem para o vírus.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
País

Governo fecha contrato para compra de vacinas da Pfizer

Dia a dia

Paciente transferido de Santa Catarina chega ao ES

Política

Casagrande é pré-candidato à presidência, diz PSB

Dia a dia

Maranata leva ensinamentos a pessoas com deficiência