Polícias Civil e Militar realizam megaoperação no Bairro da Penha, em Vitória - ES360

Polícias Civil e Militar realizam megaoperação no Bairro da Penha, em Vitória

Os policiais cumprem mandados de busca e apreensão contra criminosos envolvidos em ataques ocorridos na região metropolitana

PM Bairro da Penha
Homens da Força Tática da PM reforçam a operação. Foto: Getúlio Costa/TV Capixaba

Policiais civis e militares executam, desde o início da manhã desta quarta-feira (2), uma megaoperação na Grande Vitória. A Leviatã II, como foi batizada, tem como objetivo o cumprimento de mandados de prisão temporária, busca e apreensão no Bairro da Penha, em Vitória, e no município da Serra.

Os mandados são referentes às investigações de ataques que ocorreram em fevereiro a uma empresa que fornece alimentos para os presídios, em Cariacica; a um coletivo incendiado em Nova Almeida, na Serra; a um veículo de reportagem de uma rede de televisão incendiado no dia da operação Leviatã I, em junho; além do incêndio a residências no morro da Piedade, no mesmo mês.

Policias civis no Bairro da Penha
Policiais civis também participam da operação no Bairro da Penha nesta manhã. Foto: Getúlio Costa/TV Capixaba

Por conta da operação, o atendimento ao público na Divisão Patrimonial foi suspenso nesta quarta-feira. A Polícia Civil orienta que a população procure a delegacia mais próxima de sua residência para registrar um Boletim de Ocorrência, ou pode fazê-lo por meio da delegacia online.

Material apreendido
Policiais analisam material apreendido no Bairro da Penha. Foto: Getúlio Costa/TV Capixaba

Leviatã I

A primeira fase da operação Leviatã aconteceu em junho e resultou na detenção de sete suspeitos e um adolescente, apreensão de cerca de 50 quilos de entorpecentes, sete armas (entre elas, um fuzil calibre 556), 855 munições, 14 balanças de precisão, 66 aparelhos celulares, 04 bombas de fabricação caseira e R$2.375, em espécie.

O resultado foi apresentado em coletiva de imprensa do dia 11 de junho conduzida pelo secretário de Estado da Segurança Pública, Roberto Sá, acompanhado do delegado-geral da Polícia Civil, delegado José Darcy Arruda, no auditório da Chefatura de Polícia, em Vitória.

A operação do Departamento Especializado de Investigação Criminal (DEIC) contou com apoio da Polícia Militar e teve como objetivo cumprir 29 mandados de busca e apreensão de pessoas suspeitas de armazenar armas, munições, drogas e até bombas de fabricação caseira para traficantes do Bairro da Penha, em Vitória. Os mandados foram cumpridos nos municípios de Vitória, Serra, Cariacica e Viana.

Mais notícias
Dia a dia

Sedu tira dúvidas sobre avaliações dos estudantes; confira

Política

Governadores se articulam para comprar vacinas em conjunto

Dia a dia

Alunos da rede estadual serão avaliados até o próximo dia 14

País

Em nota, governadores criticam confrontos de Bolsonaro