Policial que atirou em universitário vai a júri popular - ES360

Policial que atirou em universitário vai a júri popular

Caio Rodriguez foi baleado em maio pelo soldado Alex Lopes Neves na Rodovia do Sol, em Vila Velha. O estudante perdeu o movimento das pernas

O policial militar Alex Lopes Neves, acusado de ter atirado no universitário Caio Rodriguez, 25 anos, vai a júri popular. A decisão da Justiça foi proferida nesta quarta-feira durante a primeira audiência de instrução no caso, na 4ª Vara Criminal, em Vila Velha.

Durante a audiência foram ouvidos o acusado, a vítima e testemunhas do caso.

O crime aconteceu no dia 30 de março deste ano, no trânsito da rodovia do Sol. Segundo informações divulgadas na época, o soldado estava afastado de suas funções por licença médica. O tiro disparado contra o carro de Caio provocou lesão em duas vértebras da vítima, que perdeu os movimentos das pernas.

A TV Capixaba tentou entrar em contato com a defesa do policial militar Alex Lopes, mas ninguém atendeu às ligações.

Mais notícias
Política

Ministério da Saúde recua e diz que fala de Pazuello foi mal interpretada

Política

Casagrande defende compra de vacina chinesa

Política

‘Reconheço mérito, mas correções podem ser feitas’, diz Marques sobre a Lava Jato

Política

Bolsonaro diz que não comprará vacina da China