Polícia registra redução de 400 casos de violência contra a mulher durante isolamento - ES360

Polícia registra redução de 400 casos de violência contra a mulher durante isolamento

Gerência de Proteção à Mulher da Sesp registrou queda de 17% nos boletins de ocorrência no mês de março, comparando com 2019

O Espírito Santo registrou redução de casos de violência contra a mulher durante o mês de março, comparando com dados do mesmo período do ano passado. Em março de 2019 foram registradas 2.532 ocorrências no Espírito Santo. Os dados englobam todo tipo de violência. Já em março de 2020 foram 2081, uma queda de 17% no número de ocorrências.

Delegada Michelle Meira. Foto: Polícia Civil

Segundo a delegada Michelle Meira, da gerência de Proteção à Mulher da Sesp (Secretaria de Estado da Segurança Pública) as ocorrências diminuíram em todo o estado principalmente a partir da segunda quinzena, quando teve início o isolamento social.

“Temos percebido a diminuição dos boletins de ocorrência no estado todo. A queda mostra que o isolamento por si só não é um motivo de aumento da violência, mas pode estar havendo uma subnotificação”, avalia.

Por conta do período da pandemia, a gerência de Proteção à Mulher  disponibilizou o registro online das ocorrências mesmo com as delegacias funcionando, já que nos casos de violência era necessário o deslocamento até a delegacia.

“Quando é feito o boletim pela internet, o policial recebe, analisa e, dependendo do caso, pede para a mulher comparecer à delegacia somente para assinar um papel, já que muitos casos precisam ser encaminhados para exame de lesão ou requerimento de medida protetiva”, explica.

Questionada se o isolamento em si não poderia resultar em aumento de casos, a delegada lembra que vário fatores desencadeiam a violência. “A gente sabe que o uso indiscriminado do álcool e droga são potencializadores da violência. Com o isolamento, o potencializador foi reduzido”, pondera.

Vitória

Em Vitória, os atendimentos a mulheres vítimas da violência também caíram em relação ao mesmo período do ano passado. Durante o período de isolamento, a partir de 18 de março, foram registrados 45 atendimentos pelo serviço da prefeitura. No ano passado, no mesmo período, foram 111.

A coordenadora do Centro de Referência de Atendimento às Mulheres em Situação de Violência, Carla Coutinho, também acredita que a queda registrada em Vitória pode ter relação com a diminuição no consumo de álcool e drogas, já que muitos estabelecimentos estão fechados.

Durante o período da pandemia, o centro tem oferecido a orientação a atendimento psicológico pelo telefone para as mulheres vítimas de violência. O atendimento é feito das 12h às 19h pelo telefone (27) 99520-1927.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Setor de vestuário amarga queda de 94% nas vendas no ES

Dia a dia

Witzel: Bolsonaro é fascista e Flávio deveria estar preso

País

GSI diz que está aperfeiçoando segurança após imprensa suspender cobertura

Dia a dia

ES registra 22 mortos por coronavírus em 24h