Polícia Federal deve abrir novo concurso até final de 2020 - ES360

Polícia Federal deve abrir novo concurso até final de 2020

Serão ofertadas mais de 2 mil vagas, divididas entre profissionais das áreas policial e administrativa

Agentes estão cumprindo mandados de prisão e busca e apreensão. Foto: Polícia Federal
Remunerações na Polícia Federal chegam a R$ 30 mil. Foto: Polícia Federal

O presidente Jair Bolsonaro anunciou na última quinta-feira (20) que foi autorizada a realização de concurso público para a Polícia Federal (PF), com 2 mil vagas. O anúncio foi feito nas redes sociais, após o ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, garantir no primeiro semestre do ano que um novo concurso já estava em estudo.

“A pedido do diretor-geral da Polícia Federal, o Rolando Alexandre, conversamos com o ministro da Justiça e com o Paulo Guedes. Foi autorizada a abertura de concurso para 2 mil policiais federais. Com toda certeza a PRF também terá abertura de concurso em breve, de modo que seus quadros continuam cumprindo com seus deveres”, escreveu.

Do total de vagas, 1.016 serão para agente, 600 para escrivão, 300 para delegado e 84 para papiloscopista. Também são esperadas cerca de 500 vagas para a área administrativa, como economista, assistente social arquivista e bibliotecário. As remunerações chegam a R$ 30.936,91.

Agora, o próximo passo será oficializar o aval. O documento precisa ser divulgado no Diário Oficial da União, com assinatura do ministro da Economia, Paulo Guedes. O aval trará um prazo legal de seis meses para que o edital possa ser publicado.

Um cronograma extra-oficial tem sido divulgado com a expectativa de divulgação do edital em dezembro de 2020, provas em abril de 2021, testes de aptidão física em junho de 2021 e dois cursos de formação, em janeiro e junho de 2022.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Bem-estar

Buscas por meditação batem recorde na pandemia

Política

Supremo tem dez liminares valendo há mais de cinco anos

Dia a dia

Espírito Santo tem 7 mortes pelo coronavírus em 24 horas

País

“Vai comprar na Venezuela”, diz Bolsonaro a homem que reclamou de alta do arroz