Planejar gastos em condomínios ajuda a manter saúde financeira - ES360

Planejar gastos em condomínios ajuda a manter saúde financeira

Planejar os gastos é comum no ambiente empresarial e recorrente dentro de casa. Em ambos os locais, o bolso é afetado diretamente caso algo saia do previsto, o que pode ser na maioria das vezes evitado adotando o hábito de organizar as finanças de acordo com o que será despendido.

A lógica não é diferente quando a questão é trazida para a administração de condomínios e prédios. Programar o que será gasto com os serviços comuns e com as manutenções ou aprimoramentos de acordo com o que é arrecadado é importante para preservar a saúde financeira dos moradores.

Na coluna Seu Imóvel desta terça-feira (18), o especialista em Direito Imobiliário Valdenir Rodrigues conversa sobre previsão orçamentária em condomínios e aponta a necessidade de saber gerir o dinheiro para proporcionar aplicações mais eficientes.

Advogado com atuação nas mais diversas áreas do setor imobiliário desde 2008. Sou apaixonado pelo setor imobiliário e minha paixão é falar sobre imóvel. Com atuação jurídica ao longo desses anos, ganhei experiência não só jurídica, mas mercadológica. Com um senso crítico e empreendedor, pautado na busca de melhores condições de qualidade de vida das pessoas, atuo no setor com intuito de fomentar o desenvolvimento imobiliário sustentável, unido conhecimento jurídico e mercadológico. Qualquer desafio que envolva imóveis, me mobiliza a buscar o melhor resultado.

Os artigos publicados pelos colunistas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam as ideias ou opiniões do ES360.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais Colunas