Pink Farms: a primeira fazenda vertical da América Latina - ES360

Pink Farms: a primeira fazenda vertical da América Latina

Pink não está apenas no nome, mas na utilização de luz de LED que, na sua composição, se torna rosa, e que faz o papel da iluminação solar. Foto: reprodução/Facebook
Pink não está apenas no nome, mas na utilização de luz de LED que, na sua composição, se torna rosa, e que faz o papel da iluminação solar. Foto: reprodução/Facebook

Neste programa, Octaciano Neto conversa com Geraldo Maia, fundador da Pink Farms, a primeira fazenda vertical da América latina. Fundada em 2017 por três engenheiros, a Pink Farms acredita que o futuro da alimentação é estar cada vez mais perto do consumidor. A fazenda fica bem próximo ao CEAGESP, terceiro maior atacadista de alimentos do mundo.

A principal característica no processo de produção também dá o nome à empresa. Uma luz de LED cor de rosa assume o papel da iluminação solar. O sistema vertical de produção construído pela startup consiste em plantações alojadas em uma torre de oito andares.

O Geraldo aposta na proximidade do consumidor e no uso baixíssimo de recursos naturais e herbicidas. O desafio deles é o consumo de energia, mas há projetos em andamento para buscar fontes alternativas e limpas.

Octaciano Neto foi secretário de Agricultura do Espírito Santo e presidente do Conselho dos Secretários de Agricultura do Brasil. É um dos líderes do RenovaBr, produtor rural e apresentador do podcast 4.0 no Campo.

Os artigos publicados pelos colunistas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam as ideias ou opiniões do ES360.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais Colunas