Piloto de avião ucraniano avisou ataque de míssil - ES360

Piloto de avião ucraniano avisou ataque de míssil

Diálogo entre o piloto e os controladores de voo desmonta a versão de que o Irã não sabia sobre as causas da queda da aeronave

O Irã anunciou nessa segunda-feira (3) que não compartilhará mais provas com a equipe da Ucrânia que investigava a derrubada de um avião no mês passado, em que 176 pessoas morreram, nos arredores de Teerã, depois do vazamento de uma gravação. O fim da colaboração foi motivado pela divulgação pela imprensa de uma gravação de conversa do piloto da aeronave com os controladores aéreos iranianos, no momento da derrubada.

O diálogo, em que o piloto avisa que um míssil atingiu o avião, desmonta a versão do Irã de que não sabia que a aeronave da Ukraine International tinha sido abatida. “Eles sabiam desde o início que o avião foi derrubado”, disse o presidente da Ucrânia, Volodmir Zelenski.

Estadão Conteúdo

Mais notícias
Dia a dia

Três acidentes causam mortes de policiais neste Carnaval

Dinheiro

Seu Dinheiro: como evitar prejuízo na compra do dólar

Dia a dia

Orla de Anchieta será revitalizada a partir de março

Dia a dia

Vereador da Serra morre em acidente na BR-101