Pfizer protocola na Anvisa resultados da fase 3 do estudo clínico da vacina - ES360

Pfizer protocola na Anvisa resultados da fase 3 do estudo clínico da vacina

Até agora, apenas Pfizer e Astrazeneca protocolaram os resultados de testes da fase 3 de suas vacinas na Anvisa

Governo anuncia nesta quarta plano nacional de vacinação contra covid-19. Foto: Maksim Goncharenok/Pexels
Vacina contra o novo coronavírus. Foto: Maksim Goncharenok/Pexels

 

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) atualizou, nesta quarta-feira (16), a tabela que indica o andamento das vacinas de covid-19 no Brasil. A agência indicou que a Pfizer protocolou a primeira parte dos resultados da fase 3 do estudo clínico da vacina. A Anvisa passou a divulgar o status das análises preliminares para registro e outras informações de vacinas contra covid-19, conforme forem surgindo novas informações. Até agora, apenas Pfizer e Astrazeneca protocolaram os resultados de testes da fase 3 de suas vacinas na Anvisa.

> Chile autoriza uso de vacina da Pfzier e BioNTech contra o coronavírus

A ação faz parte do processo de submissão continuada, quando a empresa entrega para a Anvisa resultados gradativamente, à medida que for fechando as informações. O objetivo é acelerar a análise da agência, já que o trâmite tradicional obriga as farmacêuticas a montarem um dossiê com todos os dados e submetê-los, de uma só vez, ao órgão. Desta maneira, os técnicos iniciam a avaliação assim que recebem os documentos.

Até o momento, apenas cinco países aprovaram o imunizante da Pfizer: Reino Unido, Estados Unidos, México, Bahrein e Chile.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
País

Anvisa autoriza em caráter emergencial distribuição de oxigênio com pureza menor em Manaus

Dia a dia

ES aguarda definição sobre quantidade de vacinas contra a covid-19

País

Explicação mais plausível para explosão da covid em Manaus é nova variante do vírus

País

Pacientes de Manaus começaram a ser transferidos para 7 estados e DF, diz Saúde