Petrobras não deve mexer no preço do combustível, diz Bolsonaro - ES360

Petrobras não deve mexer no preço do combustível, diz Bolsonaro

Segundo o presidente, a alta no preço do combustível após ataques em refinarias na Arábia Saudita não afetará o mercado interno

O presidente Jair Bolsonaro confirmou na noite desta segunda-feira, 16, que a Petrobras vai segurar o preço da gasolina, apesar da disparada no valor do petróleo após os ataques a refinarias na Arábia Saudita, ocorridos no fim de semana. Bolsonaro afirmou, em entrevista à RecordTV, que conversou sobre o assunto com o presidente da estatal, Roberto Castello Branco.

Bolsonaro disse que a tendência natural seria seguir o preço internacional, que “viria para a refinaria, para a bomba no final das contas”. “O governo federal já zerou seu imposto federal, que é a Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico). Não podemos exigir nada dos governadores no tocante a ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços)”, disse o presidente. “Mas, o que acontece… Conversei com o presidente da Petrobras e ele disse que, como é algo atípico e tem um fim para acabar, ele não deve mexer no preço do combustível”, declarou Bolsonaro.

Estadão Conteúdo

Mais notícias
Política

Casagrande anuncia novas mudanças no governo

País

Bolsonaro ironiza pedidos por mais vacinas: “Só se for na casa da tua mãe”

Dia a dia

Idoso de 77 anos é o segundo paciente de Santa Catarina transferido para o ES

Dia a dia

Taxa de ocupação de UTI para covid passa de 80% no ES