Petrobras adia por um ano nova plataforma no sul do Espírito Santo - ES360

Petrobras adia por um ano nova plataforma no sul do Espírito Santo

Segundo a Petrobras, o adiamento do projeto Integrado Parque das Baleias ocorreu em virtude do contexto econômico frente à pandemia da covid-19

A Petrobras informou que decidiu adiar a licitação da plataforma que iria integrar o campo Jubarte, na parte capixaba da Bacia de Campos. O início da operação do projeto Integrado do Parque das Baleias, agora fica para 2024. Segundo a Petrobras, o adiamento ocorreu em virtude do contexto econômico frente à pandemia da covid-19.

A petrolífera disse, porém, que preservará o escopo do projeto que prevê o remanejamento de poços entre plataformas em operação no ano de 2022. Com a postergação, a Petrobras cancelou a licitação de afretamento de plataforma para atender o projeto e autorizou o início de um novo processo licitatório.

O projeto Integrado Parque das Baleias, no norte da Bacia de Campos (ES), é uma nova plataforma que terá capacidade de produzir 100 mil barris por dia e já chegou a ser prometida para iniciar a produção em 2021. O projeto no complexo do Parque das Baleias, consiste na interligação de onze novos poços, que serão ligados à plataforma, além de remanejamento de alguns poços FPSO Capixaba e da P-58.

 


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
País

Auditores entram com ação contra nomeação antecipada de amigo de Bolsonaro ao TCU

Eleições 2020

Aracruz tem empate técnico entre dr. Coutinho e Alcântaro

Mundo

Brasil vai produzir vacina russa em larga escala

Cult

Heloísa Périssé apresenta em Vitória a peça “E foram quase felizes para sempre”