Pesquisa do Procon Vitória ajuda o consumidor a economizar no Natal - ES360

Pesquisa do Procon Vitória ajuda o consumidor a economizar no Natal

Antes de ir às compras, a orientação é organizar uma lista básica com os itens necessários à organização de sua ceia natalina

Segundo a pesquisa, os panetones tiveram a menor variação de preços entre os produtos tradicionalmente usados nas festas de final de ano. Foto: Divulgação
Segundo a pesquisa, os panetones tiveram a menor variação de preços entre os produtos tradicionalmente usados nas festas de final de ano. Foto: Divulgação

O Procon Vitória foi a supermercados da capital para verificar como estão os preços dos principais produtos para compor a tradicional ceia de Natal. A pesquisa comparativa de preços aponta uma diferença de até 91,54% no valor cobrado pelo quilo das nozes chilenas (sem casca), fazendo com que o produto seja vendido por R$ 59,49 em um estabelecimento e, em outro, por R$ 113,95.

Mas se engana quem acha que a variação é encontrada apenas nos produtos típicos da época. O pacote da farofa temperada (da marca Leste, 400g) apresentou uma diferença de 63,83% de um supermercado para outro: enquanto um exibia na etiqueta o preço de R$3,29, em outro, o mesmo produto era vendido por R$5,39.

Neste Natal, a azeitona pode pesar no orçamento. O produto (azeitona verde com caroço da La Violetera, sachê/refil, 350g) teve uma variação no seu preço de mais de 82%, sendo comercializada com o preço mínimo de R$ 3,99 e o maior, por R$ 7,29.

Já os panetones (Tommy, tradicional de frutas, 400g) tiveram a menor variação entre os produtos tradicionalmente usados nas festas de final de ano: 25,03%, sendo encontrado entre R$ 7,99 e R$ 9,99.

Metodologia

A pesquisa comparativa de preços do Procon Vitória foi feita nos dias 4, 9 e 10 de dezembro em seis estabelecimentos de diferentes regiões do município.

Foram pesquisados 89 itens, sendo: seis panetones e chocotones; nove tipos de refrigerantes; 17 carnes; três tipos de farofa pronta; 11 frutas secas; dois tipos de lentilhas secas; seis frutas em calda; sete tipos de azeite; 15 conservas e 13 tipos de bebidas alcoólicas.

Dicas

A gerente do Procon Vitória, Herica Correa Souza, orienta as famílias que, antes de ir às compras, organizem uma lista básica com os itens necessários à organização de sua ceia natalina. “Com a lista em mãos, opte pelos estabelecimentos que apresentem a maior quantidade de itens com os melhores preços”, comenta.

Segundo ela, a organização e o foco na hora de comprar são fundamentais para economizar. “No início, pode parecer difícil, mas com o tempo e a prática tudo vai ficando mais fácil. Primeiro passo é olhar a nossa pesquisa. Depois, liste o que precisa e organize por onde está o melhor preço. Vá às compras com foco no que realmente precisa e nos pontos de vendas com os melhores preços. O resultado final será uma economia para toda a família”, ensina Herica.

Redução de gastos

O secretário de Cidadania, Direitos Humanos e Trabalho, Bruno Toledo, acrescenta outra receita para que as famílias reduzam os gastos e evitem o superendividamento.

“Montem uma refeição simples e priorizem o contato, a troca de afeto, a alegria de compartilhar a presença da família e dos amigos. Se esforcem para estarem juntos, de abraçar e mostrar amor. É tempo de valorizar o verdadeiro significado do Natal. Isso sim deve nos acompanhar durante todo o ano, e não as dívidas”, disse Toledo.

Prefeitura de Vitória

Mais notícias
Dia a dia

Subiu para 8,9 mil o número de pessoas fora de casa ES

Dia a dia

Rio Doce atinge nível de alerta em Colatina

Dia a dia

Previsão de chuva para segunda-feira no Espírito Santo

Dia a dia

Rodovias estaduais seguem interditadas; confira