Para cobrar: veja os planos de Pazolini para Vitória - ES360

Para cobrar: veja os planos de Pazolini para Vitória

Conforme o plano de governo que o candidato registrou na Justiça Eleitoral, listamos as principais propostas estabelecidas nas áreas de educação, saúde, segurança e geração de emprego

O prefeito eleito de Vitória, Lorenzo Pazolini (Republicanos) inicia no dia 1º seu mandato no município. Entre as diversas promessas feitas por Pazolini estão a ampliação de vagas de creches e o número de escolas públicas em tempo integral, com prioridades para regiões mais vulneráveis da cidade de Vitória. Na Segurança, o prefeito eleito segue o caminho das próximas gestões nos municípios vizinhos e quer destinar o efetivo da Guarda Civil Municipal para realização de atividade de segurança pública. Na Saúde, ele aposta em fortalecer o sistema de Saúde Digital para marcação de consultas e diagnósticos.

Conforme o plano de governo que o candidato registrou na Justiça Eleitoral, listamos as principais propostas estabelecidas nas áreas de educação, saúde, segurança e geração de emprego.

Educação

Pazolini abre as propostas de educação em seu plano de governo alegando que segundo dados divulgados pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas), a cidade de Vitória atualmente ocupa a 61ª posição no ranking que mede o desenvolvimento da educação básica do Ensino Fundamental nos anos iniciais, e a 42ª colocação nos anos finais do Ensino Fundamental entre os 78 municípios do Espírito Santo. Para contornar isso, o delegado prometeu entre alguns pontos:

• Ampliar vagas de creches.

• Ampliar o número de escolas em tempo integral, iniciando sua instalação nas regiões mais vulneráveis da cidade.

• Implantar atividades de relacionamento social, cultural e esportivo nas escolas, assim como a abertura das escolas nos fins de semana para atividades extracurriculares.

• Desenvolver e implantar programas voltados para o desenvolvimento cultural, com a realização de festivais culturais nas unidades escolares.

• Promover cursos preparatórios no horário noturno, voltados para a preparação de jovens para ingresso no IFES e nas provas do ENEM.

Saúde

O candidato com o lema “Saúde Para Todos” assume em seu plano que cuidar da vida das pessoas também é um dever do município, pois é nele que nasce a atenção primária. Com isso, Pazolini prometeu:

• Criar três centros de especialidades para a consultas de especialistas. Esses atendimentos serão agendados após o primeiro atendimento das unidades primárias.

• Fortalecer o sistema de Saúde Digital para marcação de consultas, diagnóstico e prescrição médica. Assim como receituário on-line, acesso a exames e monitoramento do paciente.

• Ampliar o horário de funcionamento das unidades de saúde para até as 22 horas e nos finais de semanas.

• Criar o centro de referência da saúde da mulher.

• Criar o programa de atenção à saúde do dependente químico.

• Ampliar o acesso a exames e procedimentos especializados, por meio de parceria com a rede privada.

Segurança

No tema de principal relevância pra sua candidatura, o delegado promete tratar o problema da violência com austeridade e tolerância “zero” para qualquer tipo de crime que coloque em risco a vida das pessoas.

• Dar protagonismo à Guarda Civil Municipal para o combate à criminalidade, com capacitação, aparelhamento e valorização dos agentes.

• Destinar o efetivo da Guarda Civil Municipal para realização de atividade de segurança pública.

• Estimular a criação da Força de Segurança Metropolitana, voltada para o combate a crimes violentos e ao tráfico de drogas na Grande Vitória.

• Criar grupos de Segurança Municipal. Setorizando o trabalho entre Grupamento de Proteção a Crianças, Adolescentes, Mulheres e Idosos; Grupamento Comunitário; Grupamento Tático Operacional; Grupamento Escolar; e Grupamento Marítimo e Ambiental.

Desenvolvimento econômico

Para a geração de empregos na capital, Pazolini em seu projeto para o governo aposta em “desenvolvimento sustentável”. Para o candidato, é preciso criar um ambiente seguro de investimento, sem destruir o meio ambiente e fugindo de decisões ideológicas. Focando em trazer para cidade empresas do ramo de economia criativa, tecnologia e turismo. Mas também desburocratizando os processos de abertura de empresas, na área de licenciamento e legislação.

• Estimular o desenvolvimento de serviços criativos e startups por meio do incentivo para a criação de empresas em todas as regiões da cidade, especialmente no Centro de Vitória.

• Revitalizar e implantar o Novo Mercado da Vila Rubim e do Mercado da Capixaba.

• Viabilizar a construção do Centro de Convenções.

• Realizar festivais culturais, artísticos e gastronômicos em todas as regiões.

• Criar um programa de empreendedorismo com a realização de consultorias, cursos e treinamentos com a possibilidade de linha de crédito para abrir o primeiro negócio.

• Realizar Feiras do Emprego em parceria com o SINE e empresas privadas para inserção do morador de Vitória no mercado de trabalho.

• Financiar novos modelos de negócios em atividades que gerem empregos para mão de obra de pessoas com mais de 50 anos e menos de 25 anos.

Confira na íntegra o plano de governo do candidato eleito Lorenzo Pazolini.

Sobre o candidato

Lorenzo Pazolini tem 38 anos, é formado em Direito e tem pós-graduação em Gestão de Segurança Pública. Ex-auditor de controle externo do Tribunal de Contas do Estado, Lorenzo Pazolini é delegado de Polícia e foi titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente. Está em seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa, eleito em 2018 com 43.293 votos.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Novo lote com 35,5 mil vacinas chega ao Espírito Santo

País

Dezenas de cidades têm carreatas pró-impeachment

Dia a dia

Fiocruz prevê ter insumos da vacina de Oxford só no dia 8

Dia a dia

Margareth Dalcomo recebe a vacina de Oxford