Os 7 passos para o discurso político perfeito - ES360

Os 7 passos para o discurso político perfeito

Nesta semana, Darlan Campos, diretor executivo da República Marketing Político, fala sobre a importância de um bom discurso. Ele é uma das partes mais importantes da campanha eleitoral. Através do discurso, você pode conseguir mais aliados ou afastar aqueles que já estão do seu lado. Então é crucial dedicar tempo para montar esse texto!

A capacidade de comunicação é uma das coisas mais importantes para quem quer ter sucesso na carreira política. E, isso deve ser considerado em todo o momento – desde o lançamento da candidatura até a execução de todo o mandato.

Alguns pontos são essenciais. Além, é claro, dos cuidados com o uso correto da língua, o candidato precisa criar uma boa linha de raciocínio para se fazer entender. Lembre-se que um bom líder precisa ser capaz de se comunicar com diferentes públicos.

Um cargo político deverá atender as demandas da sociedade, e com isso vem a responsabilidade da oratória, posicionamento, ética e moral. Tudo isso deve estar implícito – ou explicito – em um discurso político perfeito.

Veja quais são as dicas para fazer o discurso político perfeito!

O mais importante na hora de criar um discurso político perfeito é entender que tudo deve compor esse momento, não somente o texto. Você deve estar atento à sua comunicação não verbal também! Veja algumas dicas para esse momento!

Desperte emoção:

Se você já viu um ou mais discurso de líderes (políticos, religiosos, étnicos e etc…) já deve ter percebido um ponto em comum entre todos eles: a emoção! Um discurso político perfeito deve ser capaz de inflamar a multidão.

O despertar da emoção pode estar no texto, mas também na entonação, no embargar da voz, na perda de fala, nas pausas estratégicas. Tudo isso ajuda para que o seu discurso seja mais emocionante!

Mantenha a calma!

Um bom líder deve demonstrar inteligência e controle emocional. E para isso você deve evitar o nervosismo, e disfarça-lo ao máximo. Respire fundo, tenha alguns momentos de concentração antes da fala, e etc.

Treine a sua fala com antecedência, mas não decore o texto!

É muito comum que os políticos se apresentem em público com uma “cola” de seus discursos. Não há problema nisso! No entanto, é importante que você estude esse texto com antecedência, que você ao menos entenda qual é a linha de raciocínio a ser seguida.

Isso vai ajudar para que você evite momentos como “é…”m ou longas pausas que podem se causar constrangedoras. Então, leia o texto várias vezes para fazer um discurso político perfeito!

Tenha uma boa dicção

Treine a sua dicção, e se o seu discurso tiver alguma palavra que lhe pareça muito difícil, ou que lhe confunda às vezes, prefira substituir por um sinônimo mais familiar para você.

Assim você evitar ter problemas quando estiver na frente do público, preparado para fazer o seu discurso político perfeito. Se for uma palavra que você julga essencial e insubstituível, treine a pronúncia com antecedência.

Crie um discurso muito bem estruturado:

Começo, meio e fim. É assim que um bom discurso deve ser criado, e é importante seguir essa premissa para que as suas ideias sejam devidamente organizadas. Pense mais ou menos na estrutura de uma redação, tal como:

– Introdução;
– Desenvolvimento e percepção da dor do outro;
– Conclusão.

Não se esqueça, ainda, que um discurso político perfeito pode contar com um final de agradecimento. Isso faz com que você se mostre humilde, e reconheça a importância do eleitorado para a sua carreira.

Apresentar dados numéricos pode ser uma forma de validar o discurso. Mas, não exagere!

Você pode se valer de percentuais e dados numéricos durante o discurso político perfeito. Mas não exagere para não deixar a declaração muito pedante e cansativa. Inclua apenas informações essenciais para o desenvolvimento de sua ideia central!

Abuse do seu poder argumentativo!
É hora de mostrar a que você veio! Então, use o seu poder argumentativo para falar com o eleitorado. Fale de suas ideias, e do quanto está disposto a se doar para trazer os melhores resultados em seu mandato.

Acima de tudo, seja sincero. Os brasileiros estão cansados de corrupção e falsas promessas. Então, deixe o seu discurso ser o seu momento mais verdadeiro de comunicação. Ele precisa ser uma extensão de seu caráter.

Comunicação não verbal conta – e muito! – nesse momento!

Você conheceu as 7 dicas para fazer um discurso político perfeito. Mas, muito além do texto, o seu discurso precisa contar com um bom posicionamento físico. Nada de cruzar os braços, roer as unhas ou mexer compulsivamente no cabelo.

Mostre-se de peito aberto. As mãos devem estar leves, apoiadas ao púlpito, segurando o microfone, gesticulando levemente. Mesmo que você esteja muito nervoso, encontre formas de disfarçar isso na sua movimentação.

Movimente-se com leveza, sem parecer bruto – a menos que esteja em um trecho verdadeiramente inflamável. Fale com calma, olhe nos olhos das pessoas, ou encare a câmera.

Demonstre a sua empatia pelas dores e pelos problemas da sociedade, e mostre-se disposto a mudar isso através de seu trabalho árduo e honesto!

O Discurso Do Rei – a sua fala pode mudar tudo!

Um bom discurso pode ser responsável por te tornar um político memorável, da mesma forma que um discurso ruim pode arruinar a sua carreira. Por isso é essencial pensar com antecedência, escolher as palavras certas, e criar um texto que não seja arrogante, mas que seja incisivo.

Vale a pena conhecer o filme O Discurso Do Rei, que mostra como um monarca consegue superar seus problemas de fala e toda a insegurança atrelada a isso, em busca de fazer um discurso político perfeito!

O uso de linguagem violenta não costuma cair bem em um discurso político perfeito. Embora seja uma alternativa para alguns políticos atuais, ainda é mais proveitoso apostar em uma construção empática e positiva para conquista o eleitorado.

Com essas dicas você está mais do que preparado para criar o discurso político perfeito! Faça isso com o acompanhamento de outras pessoas, que podem enxergar problemas no seu discurso, e ajudarão a alcançar o resultado perfeito.

Darlan Campos é Consultor em Marketing Político, professor, escritor e membro fundador do CAMP - Clube Associativo dos Profissionais de Marketing Político. Especialista em Marketing Político e Comunicação Estratégica, Diretor executivo da República Marketing Político (http://republicamarketingpolitico.com.br/). Autor de dois livros sobre a temática: ‘Nas ruas e nas redes – estratégias de marketing político’, publicado pela editora Soares/SP, lançado em 2017, e 'Marketing Político - construção de candidaturas vitpriosas', editora Lexia/SP. Atua como consultor em Marketing Político com foco em campanhas eleitorais, mandatos parlamentares ou gestão e estratégia de comunicação política em estados e municípios. Tem experiência em: marketing político e público, marketing político digital administração de crise, planejamento de comunicação, e em estratégia para mobilização de causas.

Os artigos publicados pelos colunistas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam as ideias ou opiniões do ES360.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais Colunas