Ônibus é incendiado em Viana contra suspensão de visitas a detentos - ES360

Ônibus é incendiado em Viana contra suspensão de visitas a detentos

Desde o dia 1º de abril, visitas aos internos do sistema prisional capixaba foram suspensas como medida de prevenção ao novo coronavírus

Um ônibus do sistema Transcol foi incendiado na manhã desta segunda-feira (20) no bairro Ipanema, em Viana, contra a suspensão das visitas aos detentos do sistema prisional do Espírito Santo. A medida está em vigor desde o dia 1º de abril, com o objetivo de evitar a disseminação do novo coronavírus entre os internos.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, um homem armado invadiu o ônibus, entregou um cartaz com uma mensagem de represália, jogou gasolina, ateou fogo ao veículo e fugiu. A viatura dos Bombeiros se deslocou até o local para conter as chamas.

No último dia 10, familiares de internos do sistema prisional realizaram um protesto em frente ao Palácio Anchieta pelo mesmo motivo.

Em nota, a Sejus (Secretaria da Justiça) afirma que a suspensão das visitas íntimas e sociais está mantida até o dia 31 de julho. “A mudança no procedimento é analisada de acordo com o cenário e de forma gradativa a fim de preservar a saúde de todos os envolvidos no sistema prisional”.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dinheiro

Bolsonaro sanciona projeto de lei que altera cobrança do ISS

Esportes

Pay-per-view pode custar até R$ 2,5 mil/ano para torcedor

Dia a dia

MP do TCU pede suspensão de promoção de 606 procuradores da AGU

Dia a dia

ArcelorMittal abre Plano de Demissão Voluntária