Ocupação de UTI para covid-19 no Espírito Santo é de 73,08% - ES360

Ocupação de UTI para covid-19 no Espírito Santo é de 73,08%

Na enfermaria o cenário é mais otimista. A taxa de ocupação para pacientes com a covid-19 é de 58,53%

Computador, dados. Foto: Shutterstock
Respiradores. Foto: Shutterstock

 

A ocupação dos leitos de UTI para pacientes com o novo coronavírus continua superior a 70% no Espírito Santo. Com 505 leitos ocupados dos 691 disponíveis, o estado atingiu índice de 73,08% nesta terça-feira (28). Os dados são atualizados no Painel Covid-19 pela Secretaria de Estado da Saúde.

A Secretaria de Estado da Saúde detalhou no Painel Covid-19 que dos 691 leitos de UTI exclusivos para o tratamento de pacientes com o novo coronavírus, 109 foram contratados da rede privada e outros 192 de hospitais filantrópicos. Já 390 são da rede pública.

Na enfermaria o cenário é mais otimista. A taxa de ocupação para pacientes com a covid-19 é de 58,53% – dos 774 leitos, 453 estão em uso. O Painel Covid-19 mostra que do total, 265 foram contratados da rede privada e outros 201 de hospitais filantrópicos. 308 são da rede pública estatal.

A região Norte continua com o cenário mais crítico em relação a ocupação dos leitos de UTI: 83,33%. Dos 78 disponíveis, 65 estão em uso. A região Metropolitana segue com 74,26% de ocupação, sendo 352 leitos ocupados dos 474 preparados para a covid-19. A região Sul tem 64,21% de ocupação, enquanto a região Central tem o menor índice, 61,36%.

Reversão de leitos

A Secretaria da Saúde começou nesta segunda-feira (27) a reverter o perfil de alguns leitos hospitalares disponibilizados para paciente com a covid-19, para atender pacientes de outras especialidades médicas. A medida vale para leitos de enfermaria e leitos de UTI.

Inicialmente, 14 leitos de UTI do Hospital Estadual Dório Silva, na Serra, deixarão de ser utilizados exclusivamente por pacientes covid-19. Com isso, a unidade passará a ter 16 leitos de UTI para pacientes Covid-19. Ainda esta semana, outro hospital que terá mudanças na oferta de leitos para covid-19 será o Antônio Bezerra de Farias, em Vila Velha.

A Secretaria de Saúde afirmou ainda que a contratação dos hospitais privados será poderá ser prorrogada por 30 dias. A contratualização com os hospitais filantrópicos não terá alteração.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

SindEducação aciona Justiça contra volta às aulas

País

PF faz buscas no gabinete de Hélder Barbalho em operação sobre desvios na Saúde

Bem-estar

Nove em 10 pacientes curados da covid-19 apresentam efeitos colaterais

País

PF aponta ‘indícios de corrupção sistêmica’ no governo do Pará