Obras na 3ª Ponte vão custar R$ 70 milhões a mais - ES360

Obras na 3ª Ponte vão custar R$ 70 milhões a mais

Edital de contratação da empresa que fará o projeto e a obra será lançado hoje. Serviço deve começar até o início de 2021

Ponte também terá ciclovia nas laterais, com mirante. Foto: Chico Guedes
Ponte também terá ciclovia nas laterais, com mirante. Foto: Chico Guedes

Inicialmente estimada em R$ 100 milhões, a ampliação da Terceira Ponte deve custar R$ 70 milhões a mais. O edital para contratação da empresa que fará o projeto e executará a obra será lançado hoje, cinco meses depois do anúncio, em agosto do ano passado. A criação de mais uma faixa de rolamento em cada sentido da ponte e de uma ciclovia com barreira de proteção deve começar a sair do papel entre o final deste ano e o início de 2021. A partir daí, a empresa terá dois anos e meio para entregar a obra.

De acordo com o secretário de Estado de Mobilidade e Infraestrutura, Fábio Damasceno, o aumento do valor para R$ 170 milhões se deve, principalmente, à alta do dólar. “O projeto prevê o uso de quatro mil toneladas de aço, mas a empresa pode apresentar outros materiais. Também verificamos a necessidade de fazer uma adequação na rede de fibra ótica na ponte, trocar luminárias e refazer o pavimento”, detalhou.

A abertura das propostas ocorrerá no dia 23 de abril. O governo espera concluir a escolha e contratação da empresa em maio. A partir daí, ela terá seis meses para elaborar o projeto e mais dois anos e meio para concluir a obra.

Mudanças

O projeto do governo, apresentado no ano passado, prevê que a ponte passe a ter três faixas em cada sentido, sendo duas com 2,80 metros de largura, para veículos comuns, e uma com 3,10 metros de largura, para ônibus. As novas faixas serão criadas dentro da estrutura atual, substituindo a mureta central para uma menor e deslocando as muretas laterais para fora, onde estará a ciclovia.

A ciclovia será em estrutura metálica e protegida com uma grade de aço, com altura de três metros. No vão central da ponte, haverá um mirante cercado por vidro.

Portal do Príncipe

O governo também deve concluir a contratação da empresa que fará as obras do Portal do Príncipe, em Vitória, no início de abril. A vencedora terá 90 dias para apresentar o projeto e até um ano e três meses para concluir as obras, que incluem a ampliação de vias, melhoria no acesso para a Segunda Ponte e urbanização na entrada Sul de Vitória. O investimento é de aproximadamente R$ 68 milhões.

Também em abril deve ser lançado o edital para contratação da empresa que fará o projeto e a obra de construção de uma passagem subterrânea em Carapina, na Serra. O objetivo da obra é melhorar o acesso de quem segue da Serra para Vitória, na BR-101, à região dos bairros Eurico Salles e Bairro de Fátima.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

ES registra 9 óbitos e 1.089 casos de covid-19 em 24h

Dia a dia

hacker preso no ES pela PF paga fiança e é solto

Tec

Satélite brasileiro será lançado na madrugada deste domingo

Dia a dia

Com ações inclusivas, Maranata leva ensinamentos a pessoas com deficiência