Número de cidades com risco alto cai para 10 no ES - ES360

Número de cidades com risco alto cai para 10 no ES

Ao todo, 22 municípios capixabas estão classificados em risco baixo, outros 46 estão em risco moderado e dez em risco alto

O número de municípios considerados de alto risco para a transmissão para a covid-19 no estado caiu de 18 para 10 nos últimos sete dias. O dado faz parte do 16º Mapa de Risco da pandemia, divulgado neste sábado, dia 1, pela Secretaria Estadual de Saúde. Não houve alteração nos estágios dos municípios da Grande Vitória. Todos eles continuam em risco moderado. O número de cidades classificadas na escala moderada de propagação da covid-19 subiu de 41, na semana passada, para 46 nesta semana. O número daquelas classificadas como de risco baixo também subiu, de 19 para 22. Os números confirmam o cenário traçado pelo governo nas últimas semanas, de estabilização dos registros de casos da doença no estado.

Apesar dessa estabilidade, o governo tem mantido as regras de isolamento total para vários setores econômicos. Na sexta-feira, por exemplo, foi renovada a proibição do funcionamento de bares em todo o estado. Da mesma forma, os shoppings centers estão com seus horários limitados. Há reação contra essas limitações impostas pelo governo. Na semana passada, a Câmara Municipal de Vitória aprovou projeto restabelecendo o funcionamento de bares na cidade. O texto aguarda sanção ou veto do prefeito da capital. Na sexta-feira, diz 31, o prefeito da Serra, Audifax Barcelos, disse em entrevista para a rádio Band News FM que a fiscalização deixará de autuar os estabelecimentos cujo funcionamento está vetado pelas regras estaduais. Também na semana passada, prefeitos da Grande Vitória se reuniram com representantes do Ministério Público para pedir a retomada de funcionamento do comércio.

Os prefeitos baseiam seu pedido na queda do número de casos constatada pela média móvel, novo cálculo disponibilizado pelo governo no Painel Covid-19, da Sesa. No caso da Serra, por exemplo, a redução da média de casos diários caiu 70% em comparação ao registro médio de 14 dias atrás.

O mapa de risco divulgado neste sábado traz também um ponto a ser destacado: das cidades com maior número de moradores, apenas Colatina continua no estágio de alto risco. Todas as outras (Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, Linhares, Cachoeiro de Itapemirim) estão em risco moderado.

Confira a classificação de todos os municípios capixabas:

Risco alto: Águia Branca, Anchieta, Baixo Guandu, Bom Jesus do Norte, Colatina, Ibiraçu, Mucurici, Presidente Kennedy, São Gabriel da Palha e Vila Valério.

Risco moderado: Afonso Cláudio, Alegre, Alfredo Chaves, Alto Rio Novo, Aracruz, Boa Esperança, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Castelo, Conceição da Barra, Divino de São Lourenço, Domingos Martins, Ecoporanga, Fundão, Governador Lindenberg, Guarapari, Ibitirama, Iconha, Itaguaçu, Itapemirim, Iúna, João Neiva, Linhares, Mantenópolis, Marataízes, Marechal Floriano, Mimoso do Sul, Montanha, Nova Venécia, Pancas, Pinheiros, Piúma, Ponto Belo, Rio Bananal, Santa Leopoldina, São Domingos do Norte, São José do Calçado, São Mateus, São Roque do Canaã, Serra, Sooretama, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Velha e Vitória.

Risco baixo: Água Doce do Norte, Apiacá, Atílio Vivácqua, Barra de São Francisco, Brejetuba, Conceição do Castelo, Dores do Rio Preto, Guaçuí, Ibatiba, Irupi, Itarana, Jaguaré, Jerônimo Monteiro, Laranja da Terra, Marilândia, Muniz Freire, Muqui, Pedro Canário, Rio Novo do Sul, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa e Vila Pavão.

Comparação entre os mapas de risco.

Abaixo, temos, primeiro, o mapa de risco desta semana e, abaixo, o mapa de risco da semana passada.

 

 


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Unipró lança curso de preparação para o Ifes 100% online

Bem-estar

A Escola Bíblica Dominical sob a perspectiva da Igreja Cristã Maranata

Dia a dia

Espírito Santo tem 22 mortes pela covid e 91 mil casos

País

Ministério da Saúde confirma mais de 100 mil mortos por covid-19 no Brasil