Novo lote com 35,5 mil vacinas chega ao Espírito Santo - ES360

Novo lote com 35,5 mil vacinas chega ao Espírito Santo

Desembarque aconteceu na manhã deste domingo, dia 24, no aeroporto de Vitória. Segundo governador Renato Casagrande, o lote será inteiramente destinado para profissionais da Saúde

 

Nésio recebe vacinas
O secretário postou foto em suas redes sociais ao lado do subsecretário Luiz Carlos REblin no momento de desembarque da vacina de Oxford em Vitória. Foto: redes sociais

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) recebeu na manhã deste domingo o lote de 35.500 doses da vacina desenvolvida em parceira pela Universidade de Oxford e o laboratório AstraZeneca e produzidas na Índia. Elas fazem parte dos 2 milhões de doses importadas pelo Ministério da Saúde. As vacinas chegaram em voo vindo do Rio de Janeiro e que pousou às 9h35 no aeroporto de Vitória. O secretário de Saúde, Nésio Fernandes, e o subsecretário Luiz Carlos Reblin estavam na pista para receber o lote.

Segundo a Sesa (Secretaria de Estado da Saúde), os imunizantes serão encaminhados à Central Estadual de Rede de Frio e começarão a ser distribuídos às regionais e municípios a partir de segunda-feira (25). Essas doses serão utilizadas para contemplar mais 27% dos trabalhadores da saúde que estão na linha de frente do combate à Covid-19.

São cerca de 33.858 profissionais da população-alvo da Fase 1 da Campanha de Vacinação contra a Covid-19 no estado. De acordo com a secretaria, a população total de trabalhadores da saúde que deverão ser vacinados foi atualizada na última quarta-feira (20) pelo Ministério da Saúde. No Espírito Santo, esse público representa 124.416 pessoas.

Segundo lote de vacinas

Este é o segundo de vacinas contra o novo coronavírus que o Espírito Santo recebe do governo Federal. As 101.320 primeiras doses da CoronaVac, vacina do Instituto Butantan desenvolvida em parceria com o laboratório chinês Sinovac, chegaram ao estado no início da noite de segunda-feira (18).

O estado agora vive a expectativa de receber um terceiro lote, de vacinas produzidas pelo Instituto Butantan, em São Paulo. Na sexta-feira, dia 22, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o uso de 4,1 milhões de Coronavac produzidas em São Paulo. A distribuição dessas vacinas deverão ocorrer nesta semana. O governador Renato Casagrande já afirmou que parte desse lote deverá ser direcionado para idosos acima de 75 anos.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dinheiro

Eletrobrás: governo quer arrecadar R$ 25 bi com privatização

Cult

V Festival Torta Black celebra a negritude no estado

Política

Caso de Flávio pode afetar inquéritos anticorrupção

Dia a dia

ES começa a vacinar idosos com idade entre 80 a 84 anos