Novo golpe oferece cadastro habitacional em Vila Velha - ES360

Novo golpe oferece cadastro habitacional em Vila Velha

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Mobilidade identificou cartazes oferecendo o serviço, afixados em equipamentos públicos no bairro Barramares

Vista aerea de Vila Velha. Foto: Danielli Saquetto
Vista aerea de Vila Velha. Foto: Danielli Saquetto

 

Em novo golpe, criminosos fazem supostos cadastros habitacionais para o Programa Casa Verde e Amarela (novo programa do Governo Federal em substituição ao Programa Minha Casa, Minha Vida) na Região 5 em Vila Velha. A prefeitura já confirmou que não tem realizado esse cadastro.

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Mobilidade identificou cartazes oferecendo o serviço, afixados em equipamentos públicos no bairro Barramares.

Atualmente, a secretaria possui mais de 20 mil inscritos na Faixa 1 do Programa Casa Verde e Amarela, com renda mensal até R$1.800 mil. As inscrições foram encerradas desde 2009. Apenas a atualização cadastral segue sendo realizada no setor de habitação e ocorre sempre que há alterações do cadastro como mudança de renda familiar, composição da família, endereço e outros. Já as faixas 2 e 3 do programa são ofertadas direto com a Caixa Econômica Federal e construtoras.

“Vamos continuar fiscalizando para identificar quem está ofertando esse serviço de maneira errada e enganosa. Isso é crime e já estamos atuando para identificar os responsáveis”, destaca a secretária Milena Ferrari.

Segundo Milena, logo que forem lançados novos projetos habitacionais será retomada a realização de novos cadastros.

“As pessoas não precisam se preocupar, pois informaremos a população no momento oportuno quando definirmos a retomada do cadastramento habitacional no município”, frisa a secretária.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dinheiro

Único apostador da Mega-Sena leva prêmio de 49 milhões

Dia a dia

Saiba como agendar a vacina contra covid no Espírito Santo

País

Média móvel de mortes por covid bate recorde e chega a 1.180

Tec

Justiça obriga homem a excluir comentário no WhatsApp