Nota do ensino médio estadual melhora em avaliação - ES360

Nota do ensino médio estadual melhora em avaliação

Dados divulgados pelo governo do estado mostram, ainda, que a taxa de aprovação nas escolas subiu de 84% em 2018 para 90% no ano passado

Secretário de estado da Educação, Vitor de Angelo. Foto: Chico Guedes
Secretário de estado da Educação, Vitor de Angelo. Foto: Chico Guedes

A aprendizagem dos alunos do ensino médio da rede estadual melhorou no ano passado e houve aumento de 84% para 90% na taxa de aprovação entre 2018 e 2019. Os avanços resultaram no crescimento do Idebes (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica do Espírito Santo), divulgado nesta terça-feira (18) pelo governo do estado. Em 2019, o índice, criado pelo estado para medir o avanço da educação, foi de 4,42. Em 2018, foi de 4,10. Apesar da melhoria, o resultado de 2019 ficou pouco abaixo da meta estabelecida para o ano, de 4,44.

Para o cálculo do Idebes, é levado em conta o resultado dos alunos no Paebes (Programa de Avaliação da Educação Básica do Espírito Santo) e dados de aprovação escolar.

Segundo o secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, o desempenho dos alunos do ensino médio no Paebes, que avalia anualmente o conhecimento dos estudantes em Português e Matemática, melhorou. No entanto, o conhecimento em Matemática ainda está abaixo do básico e, em Português, no básico. A escala considera quatro níveis de desempenho: abaixo do básico, básico, proficiente (conhecimento adequado para a série) e avançado. O governo não detalhou os resultados do Paebes.

De Angelo destacou que o Idebes vinha apresentando crescimento até 2017, quando chegou a 4,16, mas caiu em 2018 para 4,10. Para melhorar o resultado no ano passado, ele explica que o estado investiu em um trabalho pedagógico voltado para 49 escolas prioritárias (com desempenho abaixo do básico e com maior número de alunos) e fortaleceu um sistema de monitoramento das estratégias adotadas nas unidades.

“Também focamos em grandes superintendências de educação, que tinham resultado insuficiente, além do foco na qualidade da rede como um todo, que vem desde o início da gestão”, disse.

O governador Renato Casagrande destacou que o Idebes normalmente sinaliza o resultado do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), medido pelo governo federal a cada dois anos. “Mantida a tendência, o Ideb que será publicado neste ano, com resultados de 2019, continuará também num processo de crescimento”, disse.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dinheiro

Entrega da declaração do IR começa nesta segunda

Dinheiro

Preço de matérias-primas sobe e traz oportunidades ao Brasil

Bem-estar

"O ES pode colapsar junto", afirma secretário de Saúde

Política

Em debate no país, nepotismo afeta eficiência da gestão