Músicas Populares não tão brasileiras assim - ES360

Músicas Populares não tão brasileiras assim

No mundo da música, existe algo chamado influência musical. Quando um cantor ou conjunto diz que seu estilo foi inspirado na carreira de outro artista mais renomado.

É comum escutar, por exemplo, bandas de rock brasileiras com um ritmo bem parecido ao de bandas como Metallica, AC/DC ou Iron Maiden. Assim como cantores pop nacionais podem basear seu trabalho em sucessos internacionais.

Em uma linha tênue entre a influência e o plágio, existe um espectro de músicas que são claramente baseadas em outras, adaptando apenas a letra. É o caso do que eu chamo de “música popular não-tão-brasileira”.

Posso ficar o dia todo citando exemplos de bandas que utilizam a música de outra pessoa para criar sua própria versão. Em ritmos populares como o forró, funk e arrocha é bem comum encontrar algo assim. Mas preciso dizer aqui que o costume não é novo e definitivamente não é exclusividade desses ritmos.

A banda Nenhum de Nós, do Rio Grande do Sul, tornou nacionalmente conhecida nas décadas de 80/90 a música ‘Astronauta de Mármore’. Uma versão abrasileirada de David Bowie em ‘Starman’ Se você não sabe de que música estou falando, aí vai o refrão:

  • Sempre estar lá e ver ele voltar
    Não era mais o mesmo mas estava em seu lugar
    Sempre estar lá e ver ele voltar
    O tolo teme a noite como a noite vai temer o fogo
    Vou chorar sem medo
    Vou lembrar do tempo
    De onde eu via o mundo azul

Nesta onda também surfaram Sandy e Junior, O Rappa, KLB (com inúmeras músicas), e outros artistas que provavelmente você já conhece e sabe do que estou falando.

No episódio de hoje do Dudecast, julgamos a qualidade de algumas dessas versões feitas e discutimos até onde vai a inspiração e onde começa a ser considerado plágio.

O Dudecast é o podcast principal do The Dudes, que conta com mais quatro programas ao todo. A proposta do Dudecast é trazer para o público assuntos da cultura pop e de assuntos do dia a dia com bom humor. Histórias de família, casos cotidianos e situações inusitadas que fazem o público se identificar envolvem grande parte das pautas. Além disso, discutimos sobre séries, filmes, música e cultura pop em geral, também de forma bem humorada. Fazem parte da bancada fixa do programa Raphael Marques, Andrey Mattos, Diego Birth e Henrique Henning.

Os artigos publicados pelos colunistas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam as ideias ou opiniões do ES360.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais Colunas