Vida e Carreira: extinção da marcação de ponto é debatida - ES360

Vida e Carreira: extinção da marcação de ponto é debatida

A Medida Provisória da Liberdade Econômica, que tramita no Congresso, prevê dispensar os trabalhadores de bater o cartão de ponto. O relatório estabelece o chamado registro por exceção. Pelo modelo, o funcionário de qualquer empresa poderá fazer um acordo individual com o empregador.

Sendo assim, ele chega ao trabalho, cumpre o expediente e vai embora sem fazer nenhuma anotação. A regra vai valer para horário de entrada, almoço e saí. Apenas exceções, como horas extras, folgas, faltas, plantões e férias serão obrigatoriamente registradas.

Na coluna Vida e Carreira desta segunda-feira (29), na BandNews FM Espírito Santo, Vânia Goulart falou sobre a medida e a prática de “bater ponto” no trabalho. Confira:

Mais notícias
Política

Questionado sobre prova de fraude em 2018, Bolsonaro cita dados do TSE

País

Amazonas sabia desde novembro que oxigênio de hospitais era insuficiente

Dia a dia

Espírito Santo recebe primeiro lote de seringas

Dia a dia

Espírito Santo pode registrar mais de 450 mortes por covid-19 em janeiro