MPF faz balanço de ações após 4 anos do desastre de Mariana - ES360

MPF faz balanço de ações após 4 anos do desastre de Mariana

Para o procurador da República Paulo Henrique Trazzi, faltam punições adequadas para evitar novas tragédias ambientais

O rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), completou quatro anos nesta terça-feira. Os efeitos da tragédia socioambiental ainda são sentidos desde o município mineiro até Regência, no litoral do Espírito Santo.

Em entrevista à BandNews FM, o procurador da República em Linhares, Paulo Henrique Trazzi, fez um balanço das ações do Ministério Público Federal desde o desastre e afirmou que é preciso punir os responsáveis adequadamente para evitar novos crimes ambientais.

Mais notícias
Dia a dia

Casagrande pede recursos ao governo federal para recuperar a BR-262

Dia a dia

Santa Leopoldina decreta estado de calamidade pública

Dia a dia

Moradores são retirados de edifício em Marechal Floriano

Dia a dia

Mais de 700 pessoas ainda estão fora de casa no ES