MPF faz balanço de ações após 4 anos do desastre de Mariana - ES360

MPF faz balanço de ações após 4 anos do desastre de Mariana

Para o procurador da República Paulo Henrique Trazzi, faltam punições adequadas para evitar novas tragédias ambientais

O rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), completou quatro anos nesta terça-feira. Os efeitos da tragédia socioambiental ainda são sentidos desde o município mineiro até Regência, no litoral do Espírito Santo.

Em entrevista à BandNews FM, o procurador da República em Linhares, Paulo Henrique Trazzi, fez um balanço das ações do Ministério Público Federal desde o desastre e afirmou que é preciso punir os responsáveis adequadamente para evitar novos crimes ambientais.

Mais notícias
País

Maioria das empresas não percebeu apoio dos governos na pandemia, diz IBGE

Dinheiro

Grupo de amigos distribui 200 kits de alimento a entregadores de aplicativo 

Mundo

Reino Unido acusa russos de tentarem roubar informações sobre vacina contra covid

Política

Governo aponta risco de conflito na América do Sul