Microeemprendedores já sofrem impactos da quarentena no ES - ES360

Microeemprendedores já sofrem impactos da quarentena no ES

Trabalhadores que possuem pequenos negócios têm buscado alternativas para manter o faturamento

Os impactos econômicos da pandemia do novo coronavírus já são sentidos por profissionais como microeemprededores, feirantes e vendedores ambulantes. Segundo o presidente da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo do Espírito Santo, Alberto Gavini, a instituição tem buscado auxílios, incetivos fiscais e empréstimos para ajudar esses trabalhadores.

> Coronavírus: bares e restaurantes já demitiram 14 mil no ES

Em entrevista à BandNews FM, Gavini ressaltou que o momento é de proteger a saúde das pessoas e destacou que alguns empreendedores têm buscado soluções como vendas online e optado por serviços de entrega para manter os negócios funcionando durante a quarentena.

Mais notícias
País

Bolsonaro anuncia que enviará Salles para Conferência do Clima, em 2021

Dia a dia

Covid-19: Espírito Santo tem 81,63% de ocupação de leitos de UTI

País

Rede do ódio ganhou R$ 100 mil com informações do governo

Dinheiro

Black Friday e Cyber Monday movimentam mais de R$ 400 milhões no Espírito Santo