Espírito Santo faz alerta para casos de dengue e chikungunya - ES360

Espírito Santo faz alerta para casos de dengue e chikungunya

Para 2020, o prognóstico é de aumento de casos de chikungunya, principalmente na região sul do Espírito Santo

Em quarto lugar no número de casos de dengue no país, outra doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti tem preocupado a Secretaria Estadual de Saúde.

Para 2020, o prognóstico é de aumento de casos de chikungunya, principalmente na região sul do Espírito Santo, já que o Rio de Janeiro, estado vizinho, está com surto da doença. A chikungunya provoca dor articular mais persistente que a dengue.

“Esse prognóstico preocupa porque é uma doença debilitante, tira a pessoa das atividades e, diferentemente de outras, pode se tornar crônica”, explica o coordenador da Vigilância Ambiental em Saúde, Roberto Laperriere.

> Casos de dengue crescem mais de 900% em um ano no ES

Com o objetivo de evitar o avanço dos casos da doença, a Sesa está dando apoio aos municípios junto à sala de situação.

O coordenador Laperriere explica que, além de capacitação e oferecimento de insumos, a Sesa vai também oferecer profissionais para ajudar na parte assistencial e de controle vetorial nos municípios com alta incidência da doença. A implantação desse sistema está prevista para até o início do ano que vem.

Mais notícias
Dia a dia

Espírito Santo tem 30 óbitos pela covid-19 e 1.246 casos em 24 horas

Dia a dia

Direito para Todos: obrigatoriedade de vacinação é questão ética e moral

Dia a dia

41 municípios capixabas não adquiriram todos os EPIs para o retorno das aulas

Mundo

Portugal proíbe voos do Brasil até 14 de fevereiro por variante do coronavírus