Entenda como funciona o PIX, nova plataforma de pagamentos - ES360

Entenda como funciona o PIX, nova plataforma de pagamentos

Na BandNews FM, economista explica sobre a nova ferramenta do Banco Central para transferências e pagamentos rápidos

O novo meio de pagamentos do Banco Central, o Pix, serve para fazer pagamentos de forma rápida, sem esperar dias para que o pagamento “caia”. Hoje, transferências entre contas bancárias de diferentes instituições pode levar dias, sendo feitas através de TEDs e DOCs. Pagamentos de contas são feitos por boletos, transações físicas, por cartões e com dinheiro vivo.

O Pix passa a ser uma alternativa para transferir e fazer pagamentos de forma rápida e barata – para usuários pessoa física, ele será totalmente gratuito. Para as instituições financeiras que oferecem o Pix, o custo é de R$ 0,01 a cada 10 transações.

Em entrevista à BandNews FM, o economista Pedro Lang explica como funciona essa nova ferramenta. Confira.

Mais notícias
Mundo

Pensilvânia certifica resultados eleitorais com vitória de Biden

Mundo

Sputnik V tem eficiência acima de 95%, diz RFPI

Dia a dia

Greve de motoristas da limpeza urbana provoca acúmulo de lixo na Grande Vitória

País

Taxa de transmissão da covid no Brasil é a maior desde maio, diz Imperial College