MPF entra com ação na Justiça para evitar filas na Caixa - ES360

MPF entra com ação na Justiça para evitar filas na Caixa

Procuradoria do Espírito Santo quer que Estado fiscalize aglomerações em frente às agências em que estão sendo pagos o auxílio emergencial

Fila na porta da Caixa, na Reta da Penha, em Vitória. Foto: internauta

O MPF/ES (Ministério Público Federal no Espírito Santo) ajuizou nesta quarta-feira (29) ação civil pública com pedido de liminar contra a Caixa Econômica Federal e contra o Estado do Espírito Santo para que se evitem filas nas agências bancárias em virtude da grande demanda pelo recebimento ao auxílio emergencial, sob pena de multa diária de R$ 10 mil casos sejam descumpridos os itens pedidos.

A ação pede que as filas sejam organizadas, com a separação em distância mínima entre as pessoas. E também que o banco seja obrigado a fazer a triagem dos clientes, garantindo que somente fiquem nas filas quem realmente necessite de atendimento presencial. O MPF também quer que a Justiça obrigue a Caixa a fornecer, no prazo de 24 horas, a relação de todas as agências no Espírito Santo em que estão sendo realizados os pagamentos do auxílio emergencial.

A Procuradoria ainda pede na ação que o Estado seja obrigado a fiscalizar e adotar medidas para impedir/inibir aglomerações e o distanciamento mínimo das pessoas nas filas externas da Caixa. E que em 48 horas após a apresentação da lista de agências em que estão sendo pagos os auxílios, o Estado apresente um plano de fiscalização das filas, ainda que de forma sintética, com indicação do aparato e o número de agentes públicos deslocados para o seu cumprimento.

Segundo a ação, “grandes aglomerações e filas desordenadas têm se formado nas agências da Caixa Econômica Federal, em decorrência do pagamento do auxílio emergencial, conforme amplamente divulgado pelos meios de comunicação, o que demonstra que as medidas de distanciamento nas filas pela Caixa Econômica Federal não têm sido implementadas e que o Estado do Espírito Santo tem se omitido do seu dever de fiscalização”.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Pesquisa aponta elevação no número de assintomáticos no ES

Política

“O presidente esqueceu de combinar comigo”, diz Aras

País

Brasil registra 623 mortes por covid-19 em 24h

Dia a dia

ES amplia leitos para desafogar hospitais para covid-19