Morre João Salles, ex-candidato a vice de Mazinho em Vitória - ES360

Morre João Salles, ex-candidato a vice de Mazinho em Vitória

Falecimento foi comunicado pelo ex-vereador, que destacou o trabalho de seu companheiro de chapa: "Sempre lutou pela inclusão das pessoas com deficiência."

EX-CANDIDATO A VICE-PREFEITO JOJÃO SALLES
Ex-candidato a vice-prefeito, João Salles faleceu na madrugada deste sábado, dia 20. Foto: Divulgação

O ex-vereador e ex-candidato a prefeito de Vitória Mazinho dos Anjos comunicou na manhã deste sábado, dia 20, o falecimento de João Salles, seu companheiro de chapa na disputa eleitoral do ano passado. Salles foi candidato a vice-prefeito de Mazinho.

A seguir, a íntegra da nota do ex-vereador: “É com profundo pesar que venho aqui, hoje (20/02), dar a triste notícia do falecimento nesta madrugada de meu querido amigo, João Salles. Ele, que me acompanhou, como vice durante toda a minha campanha a prefeito nas últimas eleições, era muito especial, e sempre lutou pela inclusão das pessoas com deficiência. Ele mesmo era deficiente visual, mas em nenhum momento se colocou como vitíma, ao contrário, enfrentou todos os desafios e venceu as adversidades. Era formado em Administração, tinha mestrado em Educação e era atleta paralímpico. Ele nos deixa, mas tenho certeza que sua lição de vida vai ficar, para que nós e as próximas gerações possamos entender a importância de uma cidade inclusiva, em todos os sentidos. Que o sorriso, a bondade, a garra, e o respeito ao próximo que Salles carregava em seu coração seja um exemplo para todos. Vai em paz meu amigo. Que Deus conforte a todos os seus familiares nesse momento tão triste.”


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Justiça do Trabalho determina fim da paralisação dos rodoviários

Dia a dia

Maiores de 30 anos serão vacinados com doses compradas pelo ES

Dia a dia

ES tem 26 pessoas fora de casa por causa da chuva

Política

Defesa de Lula: Sustentamos a incompetência da Justiça Federal do PR desde início