Moradores de Vila Velha relatam falta de vacina em três unidades de saúde - ES360

Moradores de Vila Velha relatam falta de vacina em três unidades de saúde

Ouvintes da BandNews FM Espírito Santo relataram dificuldades durante o agendamento da imunização em pelo menos três bairros do município: Glória, Coqueiral de Itaparica e Ibes

Paes anuncia que Rio suspenderá vacinação contra covid por falta de doses. Fotos: Tony Winston/MS
Vacina contra a covid-19. Fotos: Tony Winston/MS

Vila Velha registrou problemas no primeiro dia de vacinação contra o coronavírus para a população acima de 85 anos. Ouvintes da BandNews FM Espírito Santo relataram dificuldades durante o agendamento da imunização em pelo menos três bairros do município: Glória, Coqueiral de Itaparica e Ibis.

Ainda nas primeiras horas do dia, a moradora de Itapoã Ana Beatriz conta que tentou fazer o agendamento da vacinação na Unidade de Saúde de Coqueiral de Itaparica para os pais de 87 anos e não conseguiu. “Tentei fazer o agendamento logo cedinho, às 9 horas, e a mensagem que aparecia era essa, de que o agendamento seria disponibilizado novamente quando o Ministério da Saúde enviasse novas doses”, disse a moradora.

Outra moradora disse que ainda na manhã desta quarta-feira já não havia mais vagas para a vacinação na Unidade de Saúde da Glória. “Soube que desde esta terça-feira estava aberto o agendamento para pessoas entre 85 e 89 anos. Hoje as vagas estavam tomadas. Tentei realizar o agendamento, mas só conseguia ir até o momento de colocar o CPF e aparecia a mensagem de que havia que esperar as novas doses”, explicou.

A Prefeitura de Vila Velha não informou a quantidade de idosos entre 85 e 89 anos residentes no município e nem o número de doses disponibilizadas para esse público. Disse apenas que abriu o agendamento para o novo público prioritário (85 a 89 anos) na manhã desta quarta-feira (17), e que até o momento, 259 pessoas realizaram o agendamento.

Ainda segundo a Prefeitura de Vila Velha, o munícipe pode agendar as vacinas em qualquer uma das 16 unidades disponíveis no sistema e, em caso de dificuldade em agendar ou falta de internet, poderá realizar o agendamento na Unidade mais próxima de sua residência. As vacinas são enviadas pelo Ministério da Saúde e repassadas pela Secretaria Estadual de Saúde, assim que o município receber novas doses, mais vagas serão disponibilizadas.


Comentários:

  • Como sera feito o contato com a familia do idoso? Por meio de telefone? Caso nao seja possivel o contato como seremos informados?


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
País

Variante de Manaus amplia carga viral e é mais transmissível

Política

Governadores se articulam para comprar vacinas em conjunto

Dia a dia

Secretário de estatais pede demissão e gera baixa na Economia

Dia a dia

Com ações inclusivas, Maranata leva ensinamentos a pessoas com deficiência