Menina de 10 anos estuprada pelo tio recebe alta em Recife - ES360

Menina de 10 anos estuprada pelo tio recebe alta em Recife

Para garantir a privacidade da criança, o Cisam, hospital onde o procedimento foi realizado, não divulgou o destino ou a data da liberação

A criança de 10 anos estuprada pelo tio em São Mateus, no Norte do Espírito Santo, já deixou o hospital em Recife, Pernambuco, onde a gravidez foi interrompida.

A alta médica foi confirmada por Olímpio Barbosa de Moraes Filho, médico gestor-executivo do Cisam (Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros) nesta quarta-feira (19). Porém, para garantir a privacidade da menina, não foi informado o destino ou a data da sua liberação.

“Segundo a avó, a menina voltou a sorrir, o que há muito tempo não fazia. Como último desejo, ela pediu para comer um sanduíche em uma rede de fast-food, o que foi atendido”, relatou o médico que manteve contato com a família da criança.

A internação

A jovem foi levada para a capital pernambucana no último domingo (16) após o Hucam (Hospital Universitário Cassiano Antonio Moraes), em Vitória, se recusar a realizar o procedimento.

Apesar de ter sido autorizado pela Vara da Infância e Juventude de São Mateus, o hospital afirmou que a gravidez estava acima das notas técnicas do Ministério da Saúde.

Tio da criança é preso

O acusado de estuprar e engravidar a sobrinha de 10 anos em São Mateus, no Norte do Espírito Santo, deu entrada na Penitenciária de Vila Velha V, no Complexo de Xuri, na noite desta terça-feiras (18), às 19 horas.

Ele foi preso durante a madrugada em Betim, Minas Gerais, onde procurou abrigo de familiares. O homem se entregou à polícia e admitiu ter abusado sexualmente da sobrinha.

O caso

O caso ganhou repercussão no final da semana passada, depois que a vítima de apenas 10 anos de idade deu entrada no Hospital Roberto Silvares, em São Mateus, se sentindo mal. Enfermeiros perceberam que a garota estava com a barriga estufada, pediram exames e detectaram que ela está grávida de cerca de 3 meses.

Em conversa com médicos e com a tia que a acompanhava, a criança relatou que seu tio a estuprava desde os 6 anos. Ela disse que não havia contado aos familiares porque tinha medo, pois ele a ameaçava.

Após a repercussão, os youtubers Whindersson Nunes e Felipe Neto se prontificaram a pagar o tratamento psicológico e os estudos da menina até o final da faculdade. Em suas redes sociais, eles que a família entre em contato com eles que o apoio seja formalizado.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
País

PF vai ‘catalogar’ vereadores eleitos com dinheiro do crime

País

Polícia investiga ação do PCC nas eleições em SP

País

Teste rápido de saliva feito em casa será lançado nesta terça na Grande São Paulo

Dinheiro

Espírito Santo recebe R$ 191,5 milhões em acordo com a Petrobras